Tragédia climática: como as fortes chuvas impactaram o trabalho da imprensa gaúcha

Redação Portal IMPRENSA | 06/05/2024 16:15
Além das gigantescas perdas humanas, materiais e do colapso na infraestrutura, o maior desastre climático da história do Rio Grande do Sul  vem dificultando severamente o trabalho da imprensa.

Em razão dos alagamentos em Porto Alegre, tornou-se impossível acessar o Parque Gráfico do Grupo RBS, o maior conglomerado de mídia do estado, que controla 12 emissoras de TV aberta afiliadas à Rede Globo, 14 emissoras de rádio (incluindo Rádio Gaúcha, Rádio Atlântida, 102.3 FM, CBN Porto Alegre e 92 FM) e três jornais (Zero Hora, Diário Gaúcho, Pioneiro).

Com isso, a empresa chegou a suspender a impressão dos jornais Zero Hora, Diário Gaúcho e Pioneiro. O Zero Hora só voltou a circular graças a uma parceria com o Grupo Sinos, à frente de veículos como o Jornal NH.

Para manter o público informado, o portal GZH passou a disponibilizar para não assinantes acesso gratuito às versões digitais dos veículos que tiveram a circulação da versão impressa suspensa. 
Crédito: Reprodução
Também devido aos estragos causados pelas chuvas, principalmente a falta de luz, a RBS TV está fora do ar em ao menos nove municípios gaúchos, a maior parte situada na região de cobertura da RBS TV Santa Cruz. 

Mobilização

A expectativa é que, com o restabelecimento do fornecimento de energia, haja um retorno da transmissão. O problema é que, a despeito da melhora nas condições climáticas observadas hoje, novas e fortes chuvas devem voltar a atingir o Rio Grande do Sul ao longo desta semana.

Apesar das dificuldades, o Grupo RBS mobilizou 50 equipes de reportagem, de todos os seus veículos, para atualizar o público sobre os estragos causados e a atuação das autoridades. Já na semana passada, a RBS TV estendeu seu horário na grade local da Globo com o Ajuda Rio Grande, programa especial sobre a situação das comunidades mais atingidas, transmitido também pelo g1 RS.

O Jornal do Almoço também foi estendido, passando a ocupar o horário do Globo Esporte. A cobertura especial do grupo também está disponível no canal do YouTube do GZH e no streaming da rádio Gaúcha. Ambos podem ser acessados gratuitamente no site e no aplicativo GZH.

Leia também