Com jornalistas em greve, Grécia fica 24 horas sem notícias

Redação Portal IMPRENSA | 17/04/2024 12:02
Considerado o maior sindicato de jornalistas da Grécia, o Esiea organizou ontem uma paralisação de 24 horas da categoria em todo o país. 

Jornais impressos não foram publicados. Por sua vez, rádios, portais de notícias e canais de TV gregos não produziram nem publicaram reportagens. As únicas notícias levadas ao ar haviam sido previamente elaboradas, informou a entidade.
Crédito: Reprodução Greek Reporter
Ainda segundo o sindicato, a paralisação visa combater condições de trabalho precárias e salários muito baixos, apontados como insuficientes para cobrir as necessidades básicas familiares e pessoais dos profissionais de imprensa.

O movimento ocorreu na véspera de uma greve geral realizada pela Confederação Geral dos Trabalhadores da Grécia, que paralisou hoje boa parte do transporte público do país.

Em meio a mais uma crise econômica, a Grécia amargou uma inflação de 37% nos últimos dois anos.

"Toda a sociedade grega enfrenta uma série de aumentos explosivos consecutivos, que criaram uma situação sufocante para as famílias que veem sua renda e recursos praticamente aniquilados", declarou em nota o sindicato de jornalistas gregos.

Leia também