Curto News estreia com a missão de ampliar acesso a informação de qualidade

Redação Portal IMPRENSA | 05/08/2022 11:13
Jornalista com mais de 30 anos de experiência, João Caminoto exerceu funções como as de repórter, correspondente internacional e diretor de redação, e passou por influentes veículos, incluindo Estadão, Época, BBC, Veja e Folha de S. Paulo.

Agora ele fundou o Curto News, site de notícias de acesso gratuito, que não exige inscrição nem assinatura dos leitores. Dentre suas premissas está a missão de ampliar no Brasil, especialmente entre os mais jovens, o acesso a informação de qualidade - e assim contribuir no combate às fake news. 
Crédito: Reprodução

"O Brasil é um País que conta com excelentes casas de jornalismo, tanto as tradicionais, originadas da plataforma impressa, como as mais jovens, 100% digitais. Mas, o consumo de informação de fonte confiável sempre ficou, historicamente, muito restrito às elites política, econômica e cultural. Há dezenas de milhões de brasileiros, principalmente os mais jovens, que valorizam e desejam acompanhar intensamente o que se passa em sua tribo, cidade, nação, mundo. Mas não estão dispostos ou não podem pagar por isso. Infelizmente, ficam assim mais vulneráveis ao efeito corrosivo das notícias falsas, as fake news. O Curto News não tem barreiras, não exige inscrição e tampouco assinatura. ", diz o texto de apresentação do projeto.

Colaboradores

No quadro de colaboradores, destaque para a presença, no cargo de diretor comercial, de Antonio C. de Moura. Vice-presidente do Conselho Nacional de Regulamentação Publicitária (Conar), ele já atuou na área comercial de veículos como Folha de S. Paulo e UOL.

Já a área editorial conta com a editora Marcela Guimarães, que já trabalhou em veículos como CBN, Estadão Broadcast e GQ Brasil, e com a repórter Érika Yukari, especializada em jornalismo de dados. 

O site estreou em versão beta no dia 27 de julho. A ideia é colocar a versão definitiva no ar em breve. Conheça mais sobre o Curto News aqui.