Programa de diversidade jornalística seleciona veículos nas regiões Norte e Centro-Oeste

Redação Portal IMPRENSA | 21/06/2022 13:25
Vão até 26 de junho as inscrições para um processo seletivo promovido pela Énois – Laboratório de Conteúdo para escolher dez veículos jornalísticos das regiões Norte e Centro-Oeste, que receberão apoio financeiro de R$ 6 mil e uma mentoria financeira de 3 meses. Além disso, a iniciativa vai pagar R$ 8 mil para a contratação pelas agências e veículos selecionados de repórteres locais focados na cobertura das eleições de 2022. 

Para participar, os veículos devem atuar jornalisticamente há no mínimo 2 anos, ter CNPJ ou MEI, ter regularidade de publicações (diárias, semanais, quinzenai), ter equipe diversa de pelo menos 2 pessoas e fazer a cobertura das eleições 2022.
Crédito: Reprodução

A iniciativa integra o programa Diversidade nas Redações, cujo objetivo é realizar treinamento e intercâmbio entre redações e repórteres, com foco em temas como desigualdades sociais, imigração, gênero, religião, representatividade, inclusão e comunidades. A primeira edição do programa foi realizada em outubro de 2020, com apoio do Google News Initiative. A segunda edição acontecerá entre julho e novembro de 2022 e terá o patrocínio da Embaixada e Consulado dos Estados Unidos no Brasil e do Instituto Clima e Sociedade.

Financiamento

“O objetivo do programa é apoiar o fortalecimento das redações focando na busca de formas de se financiarem para que possam prestar serviço aos seus territórios e comunidades. Assim, a diversidade vira o pilar que ancora a missão e também uma prática de gestão e produção jornalística”, diz Simone Cunha, diretora de sustentabilidade da Énois.

Segundo dados de janeiro de 2022 do Atlas da Notícia, as regiões Norte e Centro-Oeste têm 3.047 empresas jornalísticas, ou 22% do total do Brasil. Mesmo assim, Angela Werdemberg, coordenadora do programa Diversidade nas Redações, lembra que 70% da região Norte são considerados um deserto de notícias, pois praticamente não possuem cobertura jornalística local.

“Fortalecer empresas jornalísticas em uma região como essa é essencial para a produção de pautas locais. Parcerias e investimentos no ecossistema de notícias locais impactam diretamente no desenvolvimento, na fiscalização e na execução de políticas públicas. O Diversidade nas Redações é uma excelente oportunidade para as redações que estão em busca de novos modelos de negócios e dispostas a inovar.”

Leia também