Imprensa no Brasil: 34% dos veículos estão no ambiente digital, mostra pesquisa

Redação Portal IMPRENSA | 23/02/2022 11:04
Dos mais 13,7 mil veículos de imprensa atuantes no Brasil, cerca de 34% são de jornalismo digital. Os números estão apresentados no Atlas da Notícia, que divulgou um mapeamento da atuação dos profissionais no país nesta quarta-feira (23). 

No levantamento, constam 4.670 veículos digitais, que encontram menos barreiras para começar a atuar. Apesar de terem uma perda significativa durante a pandemia, como quase todos os setores, os veículos colheram alguns frutos positivos, como a valorização do jornalismo de qualidade e o aumento da audiência, segundo apontou Sérgio Lüdtke, coordenador do Atlas, ao Poder 360.
Crédito:Freepic
Atlas da Notícia mapeou a atuação da imprensa no Brasil
Atlas da Notícia mapeou a atuação da imprensa no Brasil
Durante o ano, 79 veículos brasileiros fecharam as portas - a maioria deles, impressos; 17 nacionais ou internacionais, de médio e grande alcance, já não funcionam mais, como Diário do Nordeste, Agora e El País. 

Desertos de Notícias

A pesquisa também revelou um aspecto positivo do último ano: a queda no número dos chamados 'desertos de notícia', regiões que não possuem veículos jornalísticos próprios ou que não tem cobertura significativa da imprensa.

Segundo o Atlas, o índice foi de 3.280 para 2.968, uma queda de 9,5%. 

Esses locais representam 53% dos municípios brasileiros, e 29 milhões de pessoas.Existem também os quase desertos, lugares onde apenas um ou dois veículos atuam, e podem vir a se tornarem desertos. Elas representam 26% dos municípios brasileiros, e contam com uma população de 32 milhões de pessoas.

Ou seja: 29% de toda a população do Brasil está em cidades com poucos ou nenhum veículo de imprensa. 

O Atlas da Notícia é uma realização do Projor (Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo), desenvolvido pela VOLT, com apoio do Facebook. Abraji e Intercom são parceiras institucionais da iniciativa.

Leia também: