TV Cultura e Instituto Palavra Aberta lançam programa de educação midiática para crianças e jovens

Redação Portal IMPRENSA | 03/12/2020 08:50
Na próxima segunda-feira (7), a TV Cultura, em parceria com o Instituto Palavra Aberta, estreia a série de interprogramas Me Explica, Vai!. 

O objetivo é difundir a educação midiática entre crianças e jovens. Os 24 programetes, de 5 minutos cada, serão exibidos diariamente, de segunda a sexta-feira, às 20h30, na grade da emissora.

Me Explica, Vai! tem um formato que mescla dramaturgia com a participação de entrevistados como os jornalistas Rosana Hermann, Marcelo Tas, Leão Serva e Rodrigo Ratier, e a diretora executiva do Instituto Identidades do Brasil, Luana Génot. Cada episódio conta com a participação de um especialista para falar sobre o assunto.

"Sendo a educação um dos pilares da emissora, é imprescindível falarmos sobre educação midiática, assunto urgente atualmente, principalmente entre os jovens. E o Me Explica, Vai! consegue conciliar informação consistente com a leveza e a descontração do universo juvenil e sua relação com as mídias", comenta Paula Cavalcanti, diretora de Coprodução da TV Cultura.

Para Patricia Blanco, presidente do Instituto Palavra Aberta, a educação midiática é um tema imprescindível na era da informação, já que hoje não basta ler o que chega às nossas mãos: é necessário interpretar intenção, autoria e contexto de cada mensagem que recebemos. "Precisamos formar as crianças e os jovens para que eles tirem o melhor proveito da relação com as mídias, aprendendo com elas, para que possam participar ativamente da vida democrática dentro e fora das redes sociais".

Crédito:Divulgação TV Cultura

Me Explica, Vai!
O projeto nasceu da urgência de educar midiaticamente os jovens. No mundo conectado, é preciso prepará-los para aprender com senso crítico e responsabilidade, já que o excesso de informações a que todos estão submetidos diariamente é um desafio para a nossa percepção da realidade.

"Em momento algum trata-se de um programa que se propõe a ensinar. Seu objetivo é provocar a reflexão, até mesmo porque se alguém tem algo a instruir nessa área são os próprios jovens. Buscamos criar um ambiente propício para que os jovens reflitam sobre as transformações de comportamento que se verificam a partir da utilização das redes sociais.", esclarece Enéas Carlos Pereira, diretor de programação da TV Cultura.

A educação midiática é a melhor maneira de formar cidadãos livres e aptos a fazer escolhas conscientes, já que propõe um conjunto de habilidades para acessar, analisar, criar e participar de maneira crítica do ambiente informacional e midiático em todos os seus formatos — dos impressos aos digitais.

Nesse contexto, o jovem deixa de ser um mero consumidor de conteúdo, passando a ser produtor de conhecimento com voz ativa na nossa sociedade conectada, capaz de mobilizar as ferramentas necessárias para seu crescimento pessoal e o benefício de toda a comunidade.

Sobre o Instituto Palavra Aberta
O Instituto Palavra Aberta é uma entidade sem fins lucrativos que advoga a causa da plena liberdade de ideias, de pensamento e de opiniões. Por meio de pesquisas, seminários e campanhas, promove a liberdade de expressão, a liberdade de imprensa e a livre circulação de informação como pilares fundamentais para o desenvolvimento de uma sociedade forte e democrática. Desde 2019, desenvolve o EducaMídia, programa de educação midiática criado para capacitar professores e organizações de ensino, além de engajar a sociedade no processo de educação midiática dos jovens, desenvolvendo seus potenciais de comunicação nos diversos meios.