Google fecha acordo com jornais franceses por uso de conteúdo

Redação Portal IMPRENSA | 20/11/2020 15:39
Após longa batalha travada na justiça francesa, o Google revelou nesta quinta (19) que assinou acordos de pagamento por direitos autorais e uso de conteúdo com seis veículos de imprensa do país, dentre eles os jornais Le Monde e Le Figaro.

O Google também informou que está mantendo conversas com outras publicações francesas, incluindo jornais e revistas, a fim de chegar a um acordo de remuneração até o final do ano com a entidade que representa os veículos impressos do país.

Uma decisão da justiça francesa de outubro determinou que a gigante digital abrisse negociações com empresas de mídia do país sobre pagamento pelo uso de conteúdo. 
Crédito:Reprodução

Os valores acordados com os seis jornais franceses não foram divulgados, mas são baseados em critérios como volume diário de publicações, tráfego mensal na internet e o uso desses conteúdos na plataforma do Google.

Projeto de lei
No Brasil, o presidente da CPMI das Fake News, senador Angelo Coronel (PSD-BA), apresentou em agosto um projeto de lei propondo que Google, Facebook e outras empresas digitais paguem direitos autorais a veículos de imprensa e jornalistas. Para ele, “gigantes da tecnologia têm se utilizado de notícias produzidas por veículos de comunicação, sem que estes sejam remunerados para isso”.

Temendo leis e uma onda de decisões judiciais em favor de veículos de imprensa de vários países, o Google vem resistindo à ideia de pagar empresas de comunicação por seu conteúdo. 

Nos tribunais e comunicados oficiais, a empresa vem alegando diferentes argumentos nesse sentido, a começar pela afirmação de que sua receita com publicidade em conteúdos jornalísticos é baixa. Outro ponto levantado é do que buscas relacionadas a notícias representam pequena fatia do total de buscas realizadas no Google. 

Segundo a empresa, a maior parte de seu faturamento vem "pesquisas com intenções de compra". Exemplo: quando você quer comprar um tênis de corrida, digita essas palavras na busca e depois clica em um anúncio.