Jornalistas lançam newsletter com curadoria de conteúdo produzido pelo jornalismo independente nos estados do Nordeste

Kassia Nobre | 19/11/2020 12:15
As jornalistas Nayara Felizardo, Mariama Correia, Joana Suarez e Mariana Ceci acabam de lançar Cajueira, uma newsletter com curadoria de conteúdos produzidos pelo jornalismo independente nos nove estados do Nordeste.

Quinzenalmente, os assinantes poderão acessar reportagens, textos, podcasts e vídeos com a produção de iniciativas jornalísticas nordestinas mapeadas pela equipe da Cajueira. A newsletter é gratuita. 

“A proposta da nossa curadoria de conteúdos é fazer o leitor se informar sobre o que é pauta nesses estados, porque muitas vezes temas importantes, que acontecem fora do eixo Sudeste, não ganham a visibilidade que deveriam ganhar. Existe uma visão distorcida sobre o que é ‘assunto regional’, que tem predominado na mídia. É esse tipo de lógica que a gente quer inverter. Também é de destacar projetos e iniciativas inovadoras de jornalismo, dentro do recorte que estamos propondo, trazendo inspiração, tanto para os produtores já estabelecidos quanto para novos projetos”, explica Mariama Correia.
  
A jornalista afirma ainda que a ideia da newsletter surgiu a partir de sua experiência no jornalismo independente em Pernambuco, na Marco Zero Conteúdo. Além do seu trabalho como pesquisadora do Atlas da Notícia no Nordeste, um mapeamento do jornalismo no Brasil feito pelo Projor (Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo) e o Volt Data Lab. 

“Essas experiências me conectaram com a diversidade de projetos de jornalismo independente nos estados do Nordeste. Passei a acompanhar a muitas iniciativas, a entender as dificuldades e perceber como a produção jornalística desses projetos independentes muitas vezes é invisibilizada pela mídia dita nacional, massivamente concentrada na região Sudeste”. 

Crédito:Arte de Teresa Cristina


Consumidora de newsletters, Mariama conta que sentia falta de conteúdos produzidos pelos estados nordestinos. 

“A proposta é difundir e conectar o conteúdo criativo e inovador produzido por essas iniciativas. Nessa proposta, me juntei às jornalistas Joana Suarez, Nayara Felizardo e Marina Ceci. Passamos meses pesquisando e fazendo reuniões on-line para desenvolver o projeto, porque estamos em estados diferentes e a pandemia impediu encontros presenciais”.  

A jornalista ressalta ainda sobre a diversidade da informação quando o assunto é a região Nordeste.  “Fazemos questão de dizer 'estados do Nordeste' e não apenas 'Nordeste'. Porque entendemos que falar da região como um bloco uniforme diminui a heterogeneidade de territórios abundantes. É algo que corrobora com uma noção estereotipada do Nordeste, como um lugar de seca e de miséria, os chamados 'rincões' do Brasil. A Cajueira chega afirmando que somos uma região diversa e abundante, inclusive em produção jornalística”. 

Perfis das autoras 
Mariama Correia é  jornalista pernambucana com passagens por jornais tradicionais e pela mídia independente de Pernambuco. Atualmente trabalha como repórter na Agência Pública e também pesquisa jornalismo no Nordeste no Atlas da Notícia (atlas.jor.br), que é um mapeamento do jornalismo no Brasil. 

Joana Suarez é pernambucana, repórter investigativa, reconhecida em prêmios nacionais e internacionais de jornalismo. Trabalhou em mídias mineiras por 7 anos. Desde 2018, trabalha de maneira independente no Nordeste e Sudeste, com projetos e reportagens de profundidade em direitos humanos. É colaboradora da Agência Pública e da Folha de São Paulo. Em 2020, lançou um podcast de narrativa de mulheres, fundou a Redação Virtual, grupo que reúne cerca de 200 jornalistas de mais de 40 cidades brasileiras, e lançou um projeto colaborativo nacional, o Lição de Casa – sobre os impactos da pandemia na educação. 

Nayara Felizardo é cearense, formada em jornalismo no Piauí. Trabalhou entre 2008 e 2018 em veículos de Teresina, onde adquiriu experiência em jornal impresso e coordenou um site de notícias factuais. Há pouco mais de dois anos, começou a trabalhar no Intercept, com foco em reportagens investigativas do norte e nordeste.

Mariana Ceci é jornalista potiguar e atualmente trabalha como repórter no jornal Tribuna do Norte, em Natal. Também atua como freelancer, e já publicou matérias no portal da Revista Piaui, Ponte Jornalismo, Agência Saiba Mais de Jornalismo Independente e Projeto #Colabora. Integra, junto com Joana, o projeto Lição de Casa, onde atua como repórter. Formada em 2018 pela UFRN, foi vencedora de dois prêmios de jornalismo do Ministério Público do Rio Grande do Norte.