Conheça alguns jornalistas que foram eleitos ou têm chances na disputa do segundo turno nas eleições municipais

Redação Portal IMPRENSA | 16/11/2020 13:01
Não é de hoje que jornalistas se candidatam em eleições municipais, estaduais e federais pelo Brasil.

Entre alguns dos jornalistas estão o atual governador de São Paulo João Doria (PSDB) e o jornalista esportivo Jorge Kajuru (Cidadania) que é senador de Goiás. Além dos famosos Soninha Francine e o apresentador Ratinho.

Identificamos alguns colegas jornalistas que foram bem sucedidos nas eleições municipais deste domingo (15).

A jornalista Manuela D'Ávila (PCdoB) disputará o segundo turno para a prefeitura de Porto Alegre (RS). Ela já é bastante conhecida pelos eleitores. Foi a vereadora mais jovem da história de Porto Alegre, eleita em 2004.

Também foi deputada federal pelo Rio Grande do Sul entre 2007 a 2015, deputada estadual de 2015 a 2019 e candidata a vice-presidente da República na eleição de 2018. Com chances de ganhar no segundo turno, ela obteve  29% dos votos válidos e concorre com Sebastião Melo (MDB), que obteve 31,01% dos votos válidos.
 

Já a jornalista Solange Freitas (PSDB) estará no segundo turno para a prefeitura de São Vicente, litoral de São Paulo, ela trabalhava como repórter da TV Tribuna, afiliada da Rede Globo, até maio, quando se afastou para cuidar da campanha.

Durante a campanha, a candidata sofreu um atentado a tiros. Solange conquistou 41,47% dos votos válidos e estará na disputa do segundo turno contra Kayo Amado (PODE) que recebeu 33,95% dos votos válidos.

O jornalista Tony Carlos (PTB) também garantiu a vaga para o segundo turno para a prefeitura de Uberaba (MG). Tony já foi vereador de Uberaba por seis mandatos e deputado estadual por dois mandatos na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Ele disputará a vaga com a candidata Elisa Araújo (Solidariedade). Elisa obteve 36,25% com 54.581 votos e Tony ficou com 24,99% (37.625 votos). 

Crédito:TSE

Já eleitos

Já o município de Frutal no Triângulo Mineiro (MG) elegeu em primeiro turno o jornalista Bruno Augusto, 33, (PP) como o seu novo prefeito, alcançando um total de 15.736 votos na urnas (57,15% dos votos válidos).

Bruno Augusto (PP) foi vereador eleito pela cidade neste último mandato, mas sofreu processo de cassação. O vereador explicou ao G1 por quê atualmente não exerce o cargo no Legislativo municipal. "Não estou. Por causa de uma multa eleitoral (é outra situação) fui cassado pela Câmara, porém, a Justiça já anulou essa cassação. Mas a Câmara está recorrendo e por isso estou fora", disse em junho deste ano.

O jornalista da Record TV Robson Ricco (Republicanos) foi o vereador mais votado de Rio Preto (SP) com 6.250 votos. É a primeira candidatura do Republicano à Câmara. Com 37 anos, pai de três filhos, Ricci integra a equipe da Record TV Rio Preto há 14 anos e começou como estagiário da emissora, na qual atualmente é repórter e apresentador dos quadros "Esporte Record" e "Hora da Venenosa" ao lado de Sandro Pires.

Inteligência artificial nas eleições   
Em uma iniciativa inédita, o portal G1 publicou textos com os resultados das eleições municipais em cada uma das cidades brasileiras com auxílio de inteligência artificial.

Desta forma, os prefeitos eleitos ou as disputas que irão ao 2º turno em todos os municípios foram registrados em formato de reportagem pelo portal. Todos os textos foram revisados por um jornalista.

O modelo contou com processamento de linguagem natural e foi desenvolvido em conjunto com a área de Tecnologia da Globo.