Livro reúne artigos sobre criatividade na comunicação

Redação Portal IMPRENSA | 18/12/2019 10:00
Pesquisadores da comunicação acabam de lançar o livro “Estudos sobre a Criatividade – Comunicação e Inovação em debate” (Gênio Criador Editora). 

A obra reúne 22 artigos sobre aspectos inovadores e a prática da comunicação. Ela foi organizada pelos pesquisadores Cleusa Sakamoto e Sérgio José Andreucci Junior.
  
 “O livro é uma criação coletiva. O grupo reúne pesquisadores de diversas universidades e faculdades do país envolto no tema criatividade. O público-alvo, inicialmente, são os pesquisadores da área que são interessados no assunto da criatividade e também pessoas ligadas à área da comunicação”, explica a integrante do grupo de pesquisa, a pesquisadora  Fernanda Iarossi.

 O livro é a segunda publicação do Grupo de Pesquisa CNPQ-Fapcom Criatividade e Inovação na Comunicação, que reúne Pesquisadores da Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação (Fapcom), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Presbiteriana Mackenzie, Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (Fecap), Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), Instituto Federal de São Paulo (IFSP), Universidade Anhembi-Morumbi e das Faculdades Anhanguera.

Crédito:Divulgação Gênio Criador Editora


Dentre os assuntos abordados estão análises dos legados de personalidades como os artistas plásticos Luiz Martins e Ai Weiwei, o Papa Francisco, o filósofo francês Michel Foucault, bem como discute conceitos como Hiper-comunicação e a Pedagogia do Silêncio. O livro apresenta ainda discussões atuais sobre novos paradigmas como o Nobrow e sobre o uso de algoritmos em serviços colaborativos, aplicações de ferramentas tecnológicas e midiáticas que auxiliam desde ao ensino de idiomas à prevenção do tráfico de pessoas, entre outros exemplos.

Sobre a importância da pesquisa sobre criatividade, Fernanda Iarossi afirma que houve uma alteração no processo de criação diante da cultura digital.
 
“A gente vive, principalmente nas últimas décadas, uma alteração no processo de criação e de consumo de bens, produtos e serviços por causa da cultura digital. Daí esse processo criativo também acaba se alterando. Seja na forma de pensar produtos e consumir também. A ideia é refletir a partir de diferentes áreas, especialmente da comunicação e, justamente colocar este olhar da criatividade diante da evolução da cultura digital. Isso passa pelas artes, pelo jornalismo e pela publicidade”.   

Confira alguns temas citados no livro
 - Consumo, reputação e o papel dos algoritmos em serviços colaborativos, por Alessandra de Castro Barros Marassi;
- Produção editorial, cenário digital e novos paradigmas, por Cleusa Kazue Sakamoto;
- A capa-meme (ou meme-capa?) do jornal sem jornal – Reflexões sobre a primeira página que você não vê no jornal que você lê, por Fernanda Iarossi Pinto;
- O Papa é pop, o Papa é próximo: de onde emana o potencial criativo de Francisco?, por Francisco C. S. Galvão;
- Processos de criação na trajetória artística de Luiz Martins, por Isabel Orestes Silveira;
- História da Comunicação dos séculos XX e XXI: o caminho até a Comunicação Nobrow, por Janaína Quintas Antunes;
- Prevenção do tráfico de pessoas através de ações criativas de comunicação nas variadas mídias, por Juliana Ribeiro da Silva e Gabriela Honorio Soncini;
- O Impacto da Criatividade e Inovação Tecnológica no Mercado de Trabalho, por Keller Reis Figueiredo e Marcos Aurélio Trindade;
- Ai Weiwei: arte e denúncia social, por Leslye Revely e Lilian Crepaldi;
- Uma vida criativa: estética da existência em Michel Foucault, por Luiz de Camargo Pires Neto e Rafael Coelho Pacheco Nogueira;
- Criatividade social-comunicativa-tecnológica: reflexões sobre as formas de estar junto no contexto da conectividade, por Marcella Schneider Faria-Santos;
- Comunicação, Imigrantes e o Nacionalismo no Estado Novo: a criatividade como contributo para a manutenção cultural com o Estado de Origem e a luta ainda presente pela Liberdade de Expressão, por Michelle Asato Junqueira e Ruth Carolina Rodrigues Sgrignolli;
- A linha enquanto elemento organizador na criação tecnológica da imagem, por Patrícia Campinas;
- Educação Transmídia na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) – Memórias Ecanas: a escola pensando a sua identidade, por Paulo Roberto Nassar de Oliveira, Luiz Alberto Beserra de Farias e Ana Claudia Pompeu Torezan Andreucci;
- A atualização da linguagem como ferramenta para educação continuada, por Renato Bulcão;
- Economia, Redes comunicativas e Criatividade: as Mulheres no Mercado de Trabalho, por Rosana Maria Pires Barbato Schwartz;
- O Incentivo à Cultura em Tempos de Tonga da Mironga do Kabuletê, por Sérgio José Andreucci Junior;
- A Arte do videoclipe como plataforma criativa de conteúdo na Publicidade, por Vanderley Postigo, Fernando Mariano e Beatriz Silva Gonçalves.