Imagem de Marielle Franco na TV Brasil seria a causa de demissão de diretor da EBC

Redação Portal IMPRENSA | 14/10/2019 10:40

Colunista da revista Época, o jornalista Guilherme Amado noticiou no sábado, 12 de outubro, que a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) censurou uma imagem da vereadora assassinada Marielle Franco que foi ao ar em um programa especial da TV Brasil sobre o músico Jackson do Pandeiro.

Crédito: Reprodução

O especial sobre Jackson do Pandeiro foi veiculado no programa Antenize, em 31 de agosto. Em seguida, foi publicado no YouTube. Por breves cinco segundos, a câmera registra livros de cordel, com capas em xilogravura. “Entre eles, havia o desenho da vereadora assassinada no ano passado -ao lado da figura do próprio Jackson do Pandeiro, o homenageado”, diz a nota do jornalista Guilherme Amado.

Os poucos segundos que o desenho de Marielle foi exibido no programa teriam bastado para que, uma semana após a veiculação, o diretor de programação da EBC, Vancarlos Alves, fosse demitido. O episódio “foi interpretado por alguns funcionários como uma retaliação ao uso da imagem da vereadora”, informa Guilherme Amado. 

Além disso, no dia seguinte à exibição, a produção do programa foi informada de que o Antenize havia saído da grade. Depois de duas semanas que a versão original foi ao ar, a TV Brasil publicou uma outra em seu canal no Youtube sem a imagem de Marielle Franco.