STF cassa decisão que censurou de publicação de reportagens em blog

Redação Portal IMPRENSA | 04/12/2018 14:38

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, confirmou liminar suspendendo decisão que obrigava o Google a retirar publicações feitas em um blog de notícias no Pará.  

Crédito:Agência Brasil

As reportagens informavam que a Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep) não estava cumprindo sua função de defender um promotor de Justiça perseguido politicamente por ter denunciado o então procurador-geral de Justiça ao Conselho Nacional do Ministério Público por dispensar ilegalmente licitação para contratação de serviço.


A Ampep entrou com ação e a 2ª Vara do Juizado Especial Cível de Belém determinou que o Google, proprietário da plataforma na qual o blog está hospedado, retirasse seis matérias do ar. A Turma Recursal manteve a determinação depois de o Google entrar com recurso, mas a plataforma levou o caso ao Supremo que julgou o mérito da ação e cassou a decisão que havia determinado a retirada das reportagens. 


Em sua argumentação, Fux lembrou que "é por intermédio do acesso a um livre mercado de ideias que se potencializa não apenas o desenvolvimento da dignidade e da autonomia individuais, mas também a tomada de decisões políticas em um ambiente democrático".


Ressaltou o magistrado que a Justiça local havia restringido indevidamente a liberdade de expressão, violando o entendimento firmado pelo STF na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental 130. "Impede, pois, uma maior tolerância quanto a matérias de cunho potencialmente lesivo à honra dos agentes públicos, especialmente quando existente - como é o caso - interesse público no conteúdo das reportagens e peças jornalísticas excluídas do blog por determinação judicial", escreveu.


Leia também:

TJ-DF condena jornalista a indenizar senadora por matéria em blog

Pesquisadores brasileiros falam sobre ameaça à liberdade de expressão em lei francesa contra fake news eleitoral