Em crise, Editora Três atrasa salários de editores e repórteres em regime PJ

Vanessa Gonçalves e Jéssica Oliveira | 06/05/2015 18:15
Após anunciar o fechamento da revista "IstoÉ Gente", extinguir editorias e demitir 26 repórteres em março deste ano, a Editora Três volta apresentar problemas financeiros. 

Crédito:Reprodução
Editora atrasa salários de PJs e não tem previsão de pagamento

IMPRENSA apurou que editores, jornalistas e outros profissionais que atuam no regime Pessoa Jurídica (PJ) estão com os salários atrasados e não há previsão de data para o pagamento. Somente os funcionários do regime CLT teriam recebido seus vencimentos.

Apesar do atraso, a editora não notificou os funcionários sobre a questão. A informação é que a empresa "não tem dinheiro para cumprir seus compromissos financeiros".

Procurado, Carlos José Marques, diretor de núcleo da empresa, não retornou o contato para comentar o assunto.