Repórter do Estadão é agredido por seguranças em metrô

Redação do Portal Imprensa | 01/05/2011 10:50
O Estadão denuncia agressão contra repórter na estação Sumaré do metrô na linha verde paulistana.

Segundo a denúncia, Gabriel Toueg estaria registrando uma discussão entre agentes de segurança da estação e uma grupo de meninas menores de idade, aprentemente pedintes. Imobilizado por um dos agentes, o repórter teve seu celular - usado para gravar imagens da discussão entre os agentes e as meninas  - tomado por outro segurança.

Identificando-se como repórter, Touge foi liberado à caminho da viatura que o conduziria para a delegacia por determinação de um dos funcionários da empresa de segurança.

Touge registrou boletime de ocorrência e fez exame de corpo de delito na noite de sexta-feira (29/5). A direção do sistrema metroviário informa que os agentes envolvidos no caso de agressão contra o jornalista foram afastados de suas funções.

Leia mais:
- Fotojornalista é agredido por cobertura de operação da PF
- Fotógrafo do Estadão é agredido em desfile da escola de samba Rosas de Ouro




                     
    Compartilhar      Orkut