Jason Rezaian retorna ao "Washington Post" após ser libertado de prisão iraniana

Redação Portal IMPRENSA | 28/01/2016 18:30
O jornalista Jason Rezaian, correspondente do Washington Post que ficou quase dois anos preso no Irã, retornou à sede do jornal na última quarta-feira (27/1). Esta é a primeira visita dele à redação depois de ser libertado.

Crédito:Reprodução/Twitter
Jornalista voltou à redação após dois anos de prisão no Irã

Segundo a ABC News, Razaian estava acompanhado de sua esposa, a também jornalista Yeganeh Salehi, e de seu irmão, Ali Rezaian. Ao chegar, o repórter foi ovacionado pelos colegas, que registraram o momento e compartilharam em suas redes sociais.

"Ovação de pé na sala de reunião de Ben Bradlee [diretor de redação do jornal] com a chegada de @jrezaian às 9:30. #jasonisfree", escreveu o jornalista Andrew Heining em seu perfil no Twitter.

O repórter e outros dois iranianos-americanos — libertados por Teerã em troca de sete prisioneiros detidos nos Estados Unidos — deixaram o Irã no último domingo (17/1). Ele estava detido desde julho de 2014 por uma denúncia de  "espionagem e propaganda contra o governo". 

Leia também