Marcelo Tas é mencionado em e-mails de Hillary Clinton divulgados em investigação

Redação Portal IMPRENSA | 02/10/2015 10:00

O jornalista e apresentador brasileiro Marcelo Tas foi citado em um do e-mails da candidata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, divulgados na última quinta-feira (1/10) pelo Departamento de Liberdade de Informação dos Estados Unidos, após investigação sobre o uso da conta pessoal da ex-chefe da diplomacia americana


De acordo com a Folha de S.Paulo, Tas  foi citado numa troca de mensagens de Alec Ross, um dos assessores de Hillary na época, após ter retuitado uma mensagem dele sobre a Síria, em agosto de 2011. 


Crédito:Divulgação
Jornalista foi citado em e-mails da candidata divulgados pelo governo dos EUA


No e-mail para Thomas Shannon, então embaixador norte-americano, Ross comentou a importância de cultivar boas relações com "influenciadores de mídias sociais" para validar e amplificar as mensagem do governo americano. Na época, Tas tinha cerca de 2 milhões de seguidores.


Em razão da iniciativa, o jornalista brasileiro foi convidado para um café na embaixada. Questionado sobre o encontro, o ex-apresentador da Band diz que não lhe pediram para divulgar nada, mas revelou ter conversado com o assessor de Hillary sobre mídias sociais.


Na troca de e-mails, a candidata à presidência dos EUA comemorou o "bom exemplo" de Tas, após a conclusão de Ross de que os influenciadores nas redes sociais seriam importantes porque estaria repassando mensagens do governo, de forma que não pareça algo oficial.


Leia também

- Marcelo Tas critica entrevista de Rafael Cortez com atrizes da série "Orange is the New Black"

- GNT terá novo programa de debates comandado por Marcelo Tas

- Bolsonaro processará Marcelo Tas após ser condenado por declarações no "CQC"