Técnico de equipe espanhola se revolta com manchete do "Marca" e rasga jornal em coletiva

Redação Portal IMPRENSA | 31/10/2014 18:00
Joaquín Caparrós, técnico do time espanhol de futebol Granada, se revoltou com a manchete desta sexta-feira (31/10) do jornal Marca. Em entrevista coletiva, o treinador rasgou e criticou o veículo pela publicação de uma declaração polêmica.

Crédito:Reprodução
Técnico do Granada picotou edição do "Marca"

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a manchete do Marca dizia "Só peço que não passem por cima de nós", com uma foto do treinador, indicando a publicação de uma entrevista exclusiva. No próximo sábado (1/11), seu time enfrenta o Real Madrid, terceiro colocado na liga nacional e que venceu o líder Barcelona por 3 a 1 na última rodada.

Caparrós começou a coletiva rasgando o jornal em pedaços. "Vocês acham que eu falaria isso? Como vou incentivar meus jogadores assim, como vou incentivar minha torcida? Quem me conhece sabe que eu não gosto de perder. Como vou encontrar os jogadores no vestiário?", disse.

O jornalista Enrique Ortego, autor da reportagem, se defendeu no site do jornal. "Ele sabe o que ele disse e eu sei o que ele disse. Na coletiva de imprensa, ele não negou ter dito a frase em questão", escreveu. O Marca exige uma retratação formal do treinador.

Assista ao vídeo:


Leia também