Lula volta a bater na imprensa e acusa Globo de censurar blogueiros durante evento do PT

Redação Portal IMPRENSA | 29/02/2016 09:30



Durante sua participação no evento que celebrou os 36 anos do Partido dos Trabalhadores no Rio de Janeiro (RJ) na noite último sábado (27/2), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar o tratamento da imprensa dispensando a ele e destacou que, se achar necessário, se candidatará à presidência em 2018.


Crédito:Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Ex-presidente acusou Globo de censurar blogueiros

Segundo o portal Fórum, ao questionar a mídia, Lula citou a Globo e a Veja, classificando-as com uma "partido de oposição". "Se eles quiserem voltar ao poder, vão ter que aprender a ser democráticos, a disputar eleições e a acatar o resultado. Fazer sacanagem nós não aceitamos. Tentar dar golpe, não vão dar”, declarou.


O ex-presidente falou sobre a mansão da família Marinho e lamentou a conduta da emissora de notificar blogueiros para que tirem reportagens do ar. “A Globo fala tanto de democracia e intimou os blogueiros a tirarem as notícias dos Marinho em Paraty", disse.


Lula voltou a negar que seja proprietário do apartamento no Guarujá (SP) e do sítio em Atibaia (SP). O último, de acordo com ele, foi comprado por seu amigo Jacó Bittar para que a família utilizasse quando deixasse a presidência. “Não imaginava que uma parte do MP era subordinado a uma parte da imprensa”, acrescentou.


Leia também

- PF conclui que não há irregularidades em campanhas do PT feitas por João Santana

- PF decreta prisão do publicitário João Santana em nova fase da Lava Jato

- Assessor-especial e braço direito de Dilma é exonerado; jornalista assume o cargo