Demitido por falso tráfico de drogas, repórter retorna ao ar em emissora da família Sarney

Redação Portal IMPRENSA | 02/02/2016 17:30
O jornalista Alex Barbosa, demitido em outubro de 2015 da TV Centro América, afiliada da Rede Globo no MT, após tentar comprovar a fragilidade da fiscalização na fronteira entre Brasil e Bolícia simulando tráfico de cocaína, voltou ao trabalho, mas no Maranhão.

Crédito:Reprodução
Repórter voltou ao ar três meses após ser demitido por simular tráfico em reportagem

De acordo com Notícias da TV, três meses após o caso, o repórter volto a atuar profissionalmente, mas na TV Mirante, propriedade da família Sarney.

A demissão de Barbosa aconteceu após ele transportar 240 quilos de gesso em um veículo como se fossem pacotes de cocaína. O repórter queria provar que a fiscalização de tráfico de drogas na fronteira era falha.

No entanto, ele acabou detido pela Polícia Militar do Mato Grosso após circular 12 horas por estradas do Estado com o falso carregamento de drogas. Na época, para evitar problemas, o jornalista chegou a enviar um ofício ao Ministério Público Federal informando sobre a reportagem.

O MPF alertou a polícia sobre a matéria e Barbosa foi preso, juntamente com outros três funcionários da TV Centro América, acusado de "incomodar" as autoridades de Cuiabá.