Blogueiro e radialista é morto a tiros no interior do Maranhão

Redação Portal IMPRENSA | 24/11/2015 10:30
O blogueiro e radialista Orislandio Timóteo de Araújo, de 37 anos, mais conhecido como Roberto Lano, foi morto a tiros na noite do último sábado (21/11), no município de Buriticupu, no interior do Maranhão.

Crédito:Reprodução
Blogueiro foi assassinado com um tiro na cabeça

De acordo com a Folha de S.Paulo, o radialista levou um tiro na cabeça disparado por um motoqueiro, por volta das 21h, enquanto dirigia no centro da cidade. Ele morreu na hora.

"O autor foi muito profissional. Desceu da moto, desligou o motor, deu o tiro sem titubear e se deu ao luxo de sair como se nada tivesse acontecido, em baixa velocidade", explicou o delegado Paulo Coelho, responsável pelas investigações iniciais do crime.

Coelho acredita que a morte foi encomendada. Entretanto, ainda não se sabe o motivo. Uma das hipóteses é que o caso esteja relacionado à atividade jornalística de Lano, que trabalhou em campanhas políticas no Estado e denunciava políticos da região.

Existem, porém, outras linhas de investigação. "Ele fazia inimigos com facilidade, era um cara muito explosivo", observou o delegado. O radialista e blogueiro também trabalhava com produção de eventos.

Este é o segundo caso de um comunicador assassinado no estado neste mês. No último dia 13 de novembro, o blogueiro Ítalo Diniz, de 30 anos, foi morto com três tiros disparados de uma moto em Governador Nunes Freire, no extremo norte do Maranhão.

Leia também