Fotógrafo é furtado enquanto registrava imagens de trabalhadores da GM em SP

Redação Portal IMPRENSA | 14/10/2015 11:00

O fotógrafo Denis Maciel, do Diário do Grande ABC, teve o celular roubado na última terça-feria (13/10), enquanto registrava imagens dos funcionários da General Motors (GM) em São Caetano (SP) após a decisão da montadora em extinguir o segundo turno de trabalho.


Segundo o veículo, Denis tirava fotos dos trabalhadores quando um rapaz, com aparência de ser menor de idade, lhe perguntou as horas. Ao verificar o horário no aparelho, ele foi furtado pelo jovem que pegou o celular e saiu correndo em direção à Estação de São Caetano.


No incidente, Denis acabou caindo e machucando o cotovelo. Uma senhora e policiais do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos) tentaram ajudá-lo, mas o assaltante conseguiu fugir.


Leia também

- Equipe de TV americana é assaltada em transmissão ao vivo; ladrões levam câmera

- "Tudo isso aconteceu em questão de segundos", diz repórter assaltada ao vivo

- Autoridades oferecem recompensa por assassino de jornalista colombiana