“Só estou apresentando um talk show porque cresci assistindo ao Jô”, diz Danilo Gentili

Danúbia Paraizo | 25/03/2014 13:30
Com pouco mais de duas semanas desde a estreia do “The Noite”, no SBT, Danilo Gentili já tem comemorado os bons resultados de sua audiência. Marcada pela irreverência do apresentador aliada a entrevistados, como Palmirinha, Fabio Porchat e Rachel Sheherazade, a atração tem registrado média de cinco pontos, deixando para trás em algumas ocasiões o tradicional “Programa do Jô”, da Rede Globo. 

Crédito:Bruna Kaufmann
Apresentador falou sobre as comparações de seu programa com o de Jô
Em entrevista exclusiva à IMPRENSA, o ex-"CQC" falou sobre as inevitáveis comparações com o apresentador global e as principais diferenças de seu novo programa em relação ao “Agora é Tarde”, da Band. A atração, criada por ele em 2010, passou a ser apresentada por Rafinha Bastos em março deste ano.

“No ‘The Noite’ temos o amadurecimento do nenê que eu criei lá atrás na Band. Agora, em comparação ao Jô, o meu programa é um talk show reinventado”, diz Gentili.

Apesar de apresentar o que acredita ser um modelo inovador, ele assume ter o apresentador da Globo como grande referência. “Só estou apresentando hoje um talk show porque cresci assistindo ao Jô. Queria fazer igual”. 

Para conceber seu novo projeto na emissora de Silvio Santos, Gentili conta que teve carta branca do patrão para fazer o que quisesse. “Do logotipo ao cenário, passando pela edição final à escolha da cor do fundo da caneca, tem pitaco meu. Sou daqueles caras que opinam em tudo”. 

Famoso por suas piadas nem sempre consideradas de bom gosto e pelo humor ácido, Gentili aproveitou para rebater as notícias de que sua nova emissora teria lhe imposto certos limites. “O SBT tem um senso de humor muito forte. Aqui não tem um cara lá no switcher dizendo o que a gente pode ou não falar, é completamente livre”.

Confira a entrevista completa com o apresentador na edição 299, de abril, na revista IMPRENSA.