"Chama atenção termos de criar um troféu específico para mulheres", diz Milton Jung

Vanessa Gonçalves | 12/03/2014 17:20
Durante a festa de premiação da 10ª edição do "Troféu Mulher IMPRENSA", realizada na última terça-feira (11/3), no espaço Rosa Rosarum, em São Paulo (SP), o jornalista Milton Jung, da rádio CBN e mestre de cerimônias do evento, ressaltou a importância do reconhecimento das mulheres no jornalismo brasileiro. 

Crédito:Alf Ribeiro
Milton Jung defende igualdade salarial no jornalismo

Segundo ele, atualmente, percebe-se a grande presença das mulheres nas redações, independentemente do veículo, bem como o destaque que elas têm obtido em diferentes áreas. "Por isso até me chama atenção o fato de ainda termos de criar, como IMPRENSA fez há 10 anos, um troféu especificamente para as mulheres", comentou.

"Homenagear essas pessoas que têm sido cada vez mais influentes, não só no ato de fazer a sua reportagem, mas também na hora de administrar as redações ou as empresas de comunicação brasileira, é essencial", destacou Jung.

Como profissional de rádio, ele repara que esse veículo, antes tido como masculino, tem sido "invadido" pelas jornalistas do sexo feminino. "Até recentemente, três rádios de São Paulo eram comandadas por mulheres, ou seja, é o desenho claro do que está acontecendo neste mercado de comunicação. É natural que elas ascendessem a um posto de comando".

Sobre o preconceito que ainda resvala no trabalho das mulheres, Jung acredita que não seja preciso apenas mudar a cabeça dos jornalistas, mas de toda a sociedade. "Não é mudar a cabeça do jornalista, mas mudar a cabeça da sociedade, porque isso é reflexo do que vivemos".

Para o jornalista, uma das injustiças que precisa acabar é a diferença salarial entre homens e mulheres no jornalismo. "As pesquisas mostram claramente que as mulheres são mais preparadas, estudam mais, mas apesar de ocuparem os mesmos cargos que os homens, não têm salário igua", conclui.

Leia também
- Repórter fotográfica fala sobre o preconceito de gênero no jornalismo