Coleguinhas: Lívia Moraes divide o tempo entre reportagens e o amor pela costura

Redação Portal IMPRENSA | 21/06/2016 15:15
Crédito:arquivo pessoal
Ao ver a sogra costurar "divinamente" bem, a jornalista paraibana Lívia Moraes sentiu despertar seu interesse pelas linhas e agulhas. Admirava as peças personalizadas das cunhadas e desejava que a mãe soubesse fazê-los também. Como essa não era sua realidade, decidiu aprender.

Em 2012, entrou para um curso de costura, mas não ficou satisfeita. Resolveu comprar a primeira máquina para tentar aprender sozinha com o auxílio de vídeos na internet e revistas especializadas em moldes para roupas. Formada em 2007 pela Universidade Estadual da Paraíba, em Campina Grande, Lívia acumula experiências em revistas e no rádio. Também é pós-graduada em assessoria de imprensa, mas acabou seguindo carreira no jornalismo televisivo.

Hoje, divide o tempo entre os tecidos e suas reportagens na TV Itararé, afiliada da TV Cultura na Paraíba. “Os dois lados se entendem muito bem”, afirma. No ano passado, a jornalista também conciliava o expediente na TV e as aulas de costura industrial. Logo depois, já emendou outro curso, desta vez sobre modelagem.

Três anos após aprender a costurar, Lívia criou o blog e o canal Costurando Sonhos, plataformas em que compartilha seus conhecimentos e troca experiências com os leitores, que também sugerem pautas. “O maior retorno que acredito ter é que, quanto mais eu compartilho o que sei, mais aprendo. O blog e o canal me estimulam a sempre buscar novos conhecimentos na costura e depois passar isso para quem me acompanha.”