Falso e-mail anuncia serviço de anulação de multas de rodízio

Redação Portal IMPRENSA | 17/04/2009 17:22

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) negou que envie e-mails com informações sobre o cancelamento de multas relativas ao rodízio de veículos na cidade de São Paulo.

A mensagem diz que motoristas que não conseguem deixar o centro expandido da cidade, devido ao congestionamento, poderiam entrar em contato por meio do telefone 156. Desde que infomasse sua localização, o motorista escaparia da autuação.

O e-mail diz: pessoas que não conseguirem sair do congestionamento a tempo de evitar o horário do rodízio podem ligar para o 156, se identificar, informar placa do seu carro e o local onde está. Um operador irá anotar (e gravar) os dados e passará um número de protocolo, que poderá ser utilizado para cancelar uma eventual multa".

A CET, por meio de nota, informa que "a fiscalização e autuação do cumprimento do rodízio continuam as mesmas desde sua implantação, em 1997, e as multas aplicadas por circulação em horário proibido serão cobradas normalmente".

De acordo com informações da Folha Online, a Secretaria Executiva de Comunicação da Prefeitura de São Paulo declarou que os serviços do 156 referentes ao trânsito são apenas informativos, por isso não geram protocolo.

Leia mais

-Embaixada brasileira alerta para falso e-mail enviado para uruguaios
-Gordon Brown pede demissão de envolvidos em difamação do governo por e-mail