10 livros de jornalistas que viraram best sellers


O jornalismo e a literatura sempre caminharam juntos. Muitas vezes, os profissionais de imprensa resolvem trocar a atribulada rotina das redações pelo silencioso ofício do escritor. IMPRENSA listou alguns livros de jornalistas que viraram best sellers.

Redação Portal IMPRENSA | Julho de 2015
 
 
 
“CHATÔ, O REI DO BRASIL”, FERNANDO MORAIS
 

Escrito por Fernando Morais em 1994, “Chatô, o Rei do Brasil” é uma biografia de Assis Chateaubriand, fundador dos Diários Associados e o responsável por trazer a televisão ao Brasil em 1950. 

Crédito:reprodução


“A SANGUE FRIO”, TRUMAN CAPOTE


Publicado em 1966, a obra de Truman Capote conta o brutal assassinato de uma família na cidade de Holcomb, localizada no interior do Kansas, nos Estados Unidos. O livro traça desde a ideia inicial do crime até a execução dos assassinos.

Crédito:reprodução

“FAMA E ANONIMATO”, GAY TALESE


Escrito pelo pai do new journalism, o livro traz histórias sobre o cotidiano de Nova York. As quase 600 páginas mostram ainda perfis históricos de celebridades, como o do cantor Frank Sinatra. Talese também é autor de “Honra Teu Pai”, “O Reino e o Poder”, entre outros clássicos.

Crédito:reprodução

“CEM ANOS DE SOLIDÃO”, GABRIEL GARCIA MÁRQUEZ


A obra do escritor colombiano Gabriel García Márquez conta a história de Macondo, uma cidade mítica, e dos descendentes de seu fundador, José Arádio Buendía, durante um século. Lançado em 1967, a obra ganhou, em 1982, o “Prêmio Nobel da Literatura"

Crédito:reprodução



“GOMORRA”, ROBERTO SAVIANO

Traduzido e publicado no Brasil em 2009, “Gomorra” expõe os negócios da máfia italiana. O jornalista se infiltrou em setores camorristas para descobrir o funcionamento da máfia napolitana. Por isso, ficou enclausurado vários meses devido as denúncias que relevou na obra

Crédito:reprodução



TRILOGIA “1808”, “1822”, “1889”, LAURENTINO GOMES

O jornalista Laurentino Gomes tem como missão mostrar como “uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil”. “1889” conclui a sua trilogia.

Crédito:reprodução



“AS VEIAS ABERTAS DA AMÉRICA LATINA”, EDUARDO GALEANO


Escrito pelo jornalista uruguaio Eduardo Galeano, a obra, de 1971, analisa a história da América Latina desde o período da colonização europeia até a idade contemporânea, argumentando contra a exploração econômica e a dominação política do continente.

Crédito:reprodução


“1984”, GEORGE ORWELL

Clássico do autor britânico George Orwell, o livro, publicado em 1949, retrata o cotidiano de um regime totalitário e repressivo do ano homônimo. Orwell mostra como uma sociedade oligárquica coletivista é capaz de reprimir qualquer um que se opuser a ela.

Crédito:reprodução


“ROTA 66”, CACO BARCELLOS


“Rota 66: a história da polícia que mata”, escrito pelo jornalista brasileiro Caco Barcellos, é uma investigação sobre o trabalho da Política Militar de São Paulo entre as décadas de 1970 e 1990. O repórter também denuncia a atuação da Ronda Ostensiva Tobias de Aguiar (Rota). A obra venceu o “Prêmio Jabuti” em 1993.

Crédito:reprodução


“ANJO PORNOGRÁFICO”, RUY CASTRO

Para escrever “O anjo pornográfico”, lançado em 1992, Ruy Castro realizou centenas de entrevistas com 125 pessoas que conheceram intimamente Nelson Rodrigues e sua família. Elas o ajudaram a reconstituir essa história biográfica.

Crédito:reprodução




     
 
Portal IMPRENSA
Notícias Revista IMPRENSA IMPRENSA Mídia

IMPRENSA na TV

Eventos Oficinas Anuncie Contato
Home Home Home Programas Home Cursos Home Editora
Opinião Assine Edição do Mês Canal no Youtube Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo Conheça + Portal IMPRENSA Redação
Especiais Edição do Mês Prêmio SEBRAE de Jornalismo Descontos Revista IMPRENSA
PR Newswire Acervo IMPRENSA Troféu Mulher IMPRENSA Regulamento IMPRENSA Mídia
Fórum Água em Pauta Contato
Fórum Liberdade de Imprensa
Fórum AIDS e o Brasil
Mídia.JOR
 
Imprensa Editorial Ltda.
R. Camburiú, 505 - 2º andar - Alto da Lapa | São Paulo/SP CEP: 05058-020
www.portalimprensa.com.br | Tel 011 3729-6300/4800