Guia auxilia jornalistas na cobertura ética da Covid-19

Kassia Nobre | 30/07/2020 09:58
O Observatório da Ética Jornalística (objETHOS) lançou o Guia de Cobertura Ética da Covid-19. A publicação é gratuita e voltada para jornalistas. 

O guia é dividido em quatro seções, chamando a atenção para cuidados com as informações, com as fontes, com o público e com os próprios jornalistas. Nas páginas finais, a publicação oferece um conjunto de links para outros manuais e referências.

O pesquisador Rogério Christofoletti explica que desde o começo da pandemia, o observatório realiza análises do noticiário e uma série de entrevistas com especialistas da comunicação e jornalistas para apontar dificuldades, prioridades e necessidades na cobertura da doença.  

“Essas contribuições ajudam no debate público, mas queríamos também contribuir mais para o aperfeiçoamento da cobertura, para a qualificação do noticiário. A gente se perguntava internamente: O que um observatório de ética pode fazer? A resposta parecia fácil: um guia ético para os jornalistas! Mas a tarefa era mais complexa do que imaginávamos”. 

Desta forma, a equipe pesquisou referências nacionais e internacionais com dicas de cobertura, manuais e recursos de apoio para jornalistas.
 
“Percebemos que em língua inglesa há um bom conjunto de referências, mas em português, quase nada. Afora o manual "Covid-19 e Comunicação: um guia prático para enfrentar a crise”, dos professores Luiz Artur Ferrareto e Fernando Morgado, e algumas recomendações da Abraji, não há nada em nosso idioma que seja especializado em questões éticas de cobertura”.

Christofoletti cita como referências internacionais a Associated Press, Center for Health Journalism, Comitê de Proteção aos Jornalistas, Dart Center for Journalism & Trauma, Ethical Journalism Network, Fundación Gabo, Poynter, Public Media Alliance e International Journalistas Network.

Crédito:Divulgação objETHOS

Cobertura da imprensa 
Para o pesquisador há um esforço global das redações e jornalistas independentes para acertar o tom da cobertura sobre a covid-19. 
 
“É perceptível, por exemplo, na grande imprensa brasileira - e em bons projetos de mídia alternativa -, a preocupação para oferecer uma cobertura que vá além da descrição de números, buscando também recuperar histórias de vida. Isso me parece essencial”. 

Christofoletti afirma que todas as recomendações do guia são importantes. “Mas se eu fosse escolher três recomendações, seriam: Busque equilíbrio (evitando fazer alarme injustificado, mas revelando a gravidade do assunto), trate as vítimas e afetados com dignidade, e corrija e desminta sempre que puder”, finaliza. 

Baixe o guia
O Guia de Cobertura Ética da Covid-19 foi especialmente projetado para estar à mão de repórteres e editores. Por isso, é plenamente compatível para ser lido e consultado pelo celular. Para baixar gratuitamente, clique aqui.

Sobre o objETHOS
O objETHOS é uma iniciativa do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina, e desde 2009 oferece conteúdos, análises e materiais que discutem jornalismo e ética.