Jornalista responsável pelo Blog da Cidadania é condenado a pagar 20 mil reais a Doria

Redação Portal IMPRENSA | 22/06/2020 15:46

Responsável pelo Blog da Cidadania, o jornalista Eduardo Guimarães foi condenado a pagar 20 mil reais ao governador de São Paulo, João Doria, pela publicação em janeiro último de um texto afirmando que um funcionário de Doria (o diretor financeiro da Agência de Fomento do Estado de São Paulo) gastou verba pública em um prostíbulo de Brasília.


A informação sobre a decisão judicial foi publicada nesta segunda (22), na coluna do jornalista Rogério Gentile no UOL. Cabe recurso.

Ainda segundo Gentile, o servidor foi destituído do cargo em 2015, quatro anos antes do início do mandato de Doria como governador. 
Crédito:Reprodução

Em 22 de abril, o Blog da Cidadania publicou um texto se retratando e informando que "Doria não tem funcionário que gastou com prostituição".

Polícia Federal
No processo, a defesa de Guimarães alegou que houve um engano e que o objetivo de Doria seria cercear a liberdade de imprensa.

Porém, o juiz Gustavo Henrique Bretas Marzagão, da 35ª Vara Cível de São Paulo, disse que houve má-fé e "o claro intuito de causar dano à imagem do governador". 

Não é a primeira vez que o responsável pelo Blog da Cidadania vira notícia. Em 2017, a Superintendência da Polícia Federal em São Paulo determinou que Guimarães fosse levado para prestar depoimento em um inquérito que apurava a divulgação antecipada pelo jornalista da condução coercitiva de Lula na Lava Jato.