Conheça as vencedoras de 2020 do Troféu Mulher IMPRENSA

Redação Portal IMPRENSA | 09/03/2020 13:43
Mais de 40,7 mil votos definiram as vencedoras do 14º Troféu Mulher IMPRENSA. Uma iniciativa da Revista e Portal IMPRENSA, este reconhecimento coletivo às mulheres na comunicação superou a marca da edição anterior, que teve mais de 31 mil votos. 

Neste ano, foram contempladas três novas categorias: Comunicação pública, Jornalista empreendedora e Contribuição acadêmica ao jornalismo. Outro destaque desta edição foi o fomento à pauta dos direitos da mulher através de prêmios especiais.

Todas as vencedoras receberão um troféu, em cerimônia a ser realizada em São Paulo (SP).
Crédito:Montagem com logos da IMPRENSA e fotos de divulgação

VENCEDORAS DO TROFÉU MULHER IMPRENSA 

TELEJORNALISMO

• Âncora ou Comentarista/Colunista de TV
1º Maria Júlia Coutinho (Globo) – 38%
Renata Lo Prete (Globo/GloboNews) – 20%
Sandra Annenberg (Globo) - 17,6% 
Adriana Araújo (Record) -  15,3%
Daniela Lima (CNN Brasil) - 9,2%
 
• Repórter de Telejornal
1º Sonia Blota (Band) – 25%
Dulcinéia Novaes (RPC) – 24,5%
Andréia Sadi (GloboNews/Globo) – 23%
Sônia Bridi (Globo) – 15,5%
Camila Bomfim (GloboNews/Globo) – 12,2%
 
RADIOJORNALISMO

• Âncora ou Comentarista/Colunista de Rádio
1º Carla Bigatto (BandNews FM) – 38,2%
Tatiana Vasconcellos (CBN) – 27,5%
Carolina Ercolin (Eldorado) – 14%
Thays Freitas (Rádio Bandeirantes) – 12,3%
Fabíola Cidral (CBN) – 8,2%
 
• Repórter de Rádio
1º Basilia Rodrigues (CNN Brasil/ex-CBN) – 30%
Marilu Cabañas (Rádio Brasil Atual) – 28,5%
Helen Braun (BandNews FM) – 24%
Camila Carelli (CBN/Globo) – 11%
Renata Carvalho (CBN) – 6,5%
 
JORNALISMO IMPRESSO

• Colunista de Jornal ou Revista
1º Djamila Ribeiro (Folha de S.Paulo) – 28%
Vera Magalhães (Estadão) – 22%
Maria Cristina Fernandes (Valor Econômico) – 19%
Eliane Cantanhêde (Estadão) – 18,7%
Flávia Oliveira (O Globo) – 12,2%
 
• Repórter de Jornal ou Revista
1º Malu Gaspar (piauí) – 43%
Malu Delgado (Valor Econômico) – 24%
Camila Mattoso (Folha de S.Paulo) – 17%
Consuelo Dieguez (piauí) – 11,5%
Roberta Paduan (Veja) – 4,5%
 
JORNALISMO ONLINE

• Jornalista Revelação na Web
1º Amanda Audi (The Intercept Brasil) – 31%
Juliana Wallauer (Podcast Mamilos/B9) – 27%
Marina Rossi (El País Brasil) – 15%
Talyta Vespa (UOL) – 14,5%
Beatriz Montesanti (Band Notícias) – 12,2%
 
COBERTURA INTERNACIONAL

• Correspondente (brasileira ou estrangeira residente no Brasil)
1º Ilze Scamparini (Globo) – 26%
Carolina Cimenti (GloboNews) – 25,3%
Heloisa Villela (Record) – 19,6%
Bianca Rothier (GloboNews/Globo) – 15,3%
Shannon Sims (Jornalista independente) – 14%
 
FOTOJORNALISMO

• Fotojornalista
1º Gabriela Biló (Estadão) – 31%
Marlene Bergamo (Folha de S.Paulo) – 23%
Isabella Lanave (Fotógrafa) – 18%
Márcia Foletto (O Globo) – 16,3%
Luisa Dörr (Fotógrafa) – 12%
 
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

• Assessora de Comunicação - Agência
1º Juliana Boechat (Torre Comunicação e Estratégia) – 33%
Roberta Lippi (Brunswick) – 23,7%
Alessandra Ritondaro (Weber Shandwick) – 23,4%
Gisele Lorenzetti (LVBA Comunicação) – 10%
Juliana Gilio (JeffreyGroup) – 9,7%
 
• Assessora de Comunicação – Corporativa
1º Isabel Clavelin (ONU Mulheres Brasil) – 48%
Cristiane Santos (Pfizer) – 28,3%
Kátia Gianone (Microsoft) – 10,7%
Leandra Peres (B3) – 6,7%
Claudia Buzzette Calais (Fundação Bunge) – 6%
 
• Comunicação Pública
1º Rosangela Sanches (Tribunal de Justiça/SP) – 29,4%
Vanessa Pessoa (Secretaria Municipal de Transportes/SP) – 23,7%
Ana Cristina Rosa (Tribunal Superior Eleitoral/DF) – 19%
Leticia Bragaglia (Assessoria de Imprensa do Governo do Estado de SP) – 15%
Aline Castro (TRT/SP) – 13%
 
DESTAQUE (em todas as mídias)

• Repórter ou Comentarista Esportiva
1º Marcela Rafael (ESPN) – 26%
Glenda Kozlowski (SBT) – 24%
Monique Vilela (Rádio Banda B) – 23,8%
Ana Thaís Matos (SporTV) – 17,5%
Bárbara Coelho (Globo) – 8,4%
 
• Repórter Investigativa
1º Daniela Arbex (Jornalista independente) – 36%
Patrícia Campos Mello (Folha de S.Paulo) – 30,7%
Andrea Dip (Agência Pública) – 12%
Bela Megale (O Globo/Época) – 11%
Thais Bilenky (piauí) – 10,2%
 
• Jornalista empreendedora
1º Carolina Oms (AzMina) – 33%
Kátia Brasil (Amazônia Real) – 29,2%
Mara Luquet (MyNews) – 20%
Natalia Viana (Agência Pública) – 12,2%
Cristina De Luca (The Shift) – 5,3%
 
EDUCAÇÃO

• Contribuição acadêmica ao jornalismo
1º Luisa Medeiros Massarani (Fundação Oswaldo Cruz) – 26%
Natália Mazotte (PUC-RS e COPPE/UFRJ) – 21%
Cremilda Medina (USP) – 21%
Graça Caldas (Unicamp) – 17,6%
Tattiana Gonçalves Teixeira (UFSC) – 14,4%
 
PRÊMIO ESPECIAL

• Melhor reportagem especial ou série com temática sobre violência contra mulher
1º Elas por Elas (Metrópoles/DF) – 32,5%
2º Deixa Ela (Capitu/Estadão) – 18%
3º Fome substantivo feminino (Agência Pública) – 16,6%
Abusos no Campus (The Intercept Brasil) – 11,7%
Vida em risco: a violência contra a mulher (DF1/Globo Brasília) – 11,4%
Vozes no Tatame (UOL Esporte) – 4%
Vidas Contadas – Feminicídios (EPTV Campinas/G1) – 3%
#TodosPorElas (G1 Pernambuco e TV Globo) – 2,7%
 
• Melhor projeto, canal ou programa sobre a temática feminina
1º Não me Kahlo – 31%
2º Aplicativo PenhaS (AzMina) – 20,6%
3º Nós, Mulheres da Periferia – 13,2%
Huffpost Brasil – Mulheres – 8%
Think Olga – 7,6%
Blogueiras Negras – 7%
ONU Mulheres – 4,7%
Universa (UOL) – 3,6%
Agência Patrícia Galvão – 3,4%
Blogueiras Feministas – 1%

Sobre o prêmio 
Única premiação jornalística do Brasil dedicada exclusivamente ao público feminino, o Troféu Mulher IMPRENSA foi lançado em 2005, por iniciativa das redações da Revista e Portal IMPRENSA. Criado antes da Lei Maria da Penha, já premiou mais de 150 mulheres na comunicação, e tem contribuído para os debates sobre os direitos da mulher e os desafios no exercício da profissão. 

O 14º Troféu Mulher IMPRENSA visa homenagear as jornalistas que mais se destacaram em suas áreas de atuação no ano de 2019. Esta edição também valoriza o empenho individual e de equipes femininas, mistas ou masculinas, no desenvolvimento de pautas e debates sobre o direito das mulheres de todo o Brasil através de categorias especiais.

As finalistas foram definidas por um júri de excelência composto por 48 profissionais de renome no mercado brasileiro. A etapa de votação popular, que aconteceu de 3 de fevereiro a 2 de março de 2020, mobilizou a mídia e a sociedade para homenagear as mulheres no exercício da profissão.

Quer acompanhar tudo sobre o prêmio? É só acessar www.portalimprensa.com.br/trofeumulherimprensa 

Leia também