Na Jovem Pan, Villa é afastado após briga e Moura Brasil vai deixar direção de jornalismo

Redação Portal IMPRENSA | 13/02/2020 09:30
Com colaboração de José Carlos Nery, o colunista do UOL Flávio Ricco revelou nesta quarta (12) mudanças na área de jornalismo da rádio Jovem Pan em São Paulo.   

De volta à emissora em 6 de janeiro, após passagem de 4 meses pela concorrente BandNews FM, o comentarista Marco Antonio Villa teria sido afastado em função de uma discussão com o colega Rodrigo Constantino, durante o Jornal da Manhã do dia 7 de fevereiro.

Já o diretor de jornalismo da Jovem Pan, Felipe Moura Brasil, não renovou seu contrato, que termina em 24 de fevereiro, e deverá deixar o cargo.  

À coluna de Ricco, o presidente da Jovem Pan, Augusto Amaral de Carvalho Filho, conhecido como Tutinha, disse que Moura Brasil tomou a decisão de não renovar seu contrato pois não é "compatível trabalhar na revista Crusoé, apresentar programa e ser diretor de jornalismo". 
Crédito: Reprodução/Brasil247
Tutinha, Villa e Moura Brasil: brigas e tensão nos bastidores da Jovem Pan

"Pedi para ele ficar no programa 'Os Pingos nos is' e estou esperando sua decisão final", revelou Tutinha. 

Quanto a Villa, o presidente da Jovem Pan informou que ele "ficou nervoso e brigou com o Constantino, que também brigou com o Villa e aí ferrou tudo". 

"Gosto muito do Villa, tanto que o convidei para voltar. Estou pensando num novo programa que ele possa apresentar", adiantou Tutinha. 

A briga entre Villa e Constantino aconteceu quando a pauta do Jornal da Manhã era a deportação de brasileiros que entram ilegalmente nos EUA. 

Villa lembrou datas e fatos sobre nazismo e Segunda Guerra Mundial, que levaram Constantino a dizer que ele "se perdeu bastante no raciocínio". 

"Memorizar datas não é fazer análise, até um papagaio repete datas", disse Constantino. Villa se recusou a continuar. "Me desculpem, eu esperava que a empresa tomasse uma atitude. Esse sujeito... Eu não vou continuar a dialogar com esse elemento, por que não é possível ter diálogo."