Único a se habilitar para disputar leilão, BTG Pactual compra Exame

Redação Portal IMPRENSA | 06/12/2019 13:33
A compra da revista Exame, do Grupo Abril, pelo BTG Pactual, por R$ 72,3 milhões, em leilão realizado nesta quinta, 5, na 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais, será avaliada pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica, do Ministério da Justiça).
Crédito:Antônio Milena/VEJA


A expectativa é que a conclusão da avaliação ocorra na primeira semana de janeiro. O prazo curto é atribuído ao fato de que o comprador é um banco e o negócio não representaria concentração no setor de mídia.

Único a se habilitar para disputar o leilão da revista Exame, o banco BTG Pactual apoiou o advogado Fabio Carvalho na aquisição da Abril e na renegociação da dívida do grupo. Como parte do Plano de Recuperação Judicial aprovado em agosto, outros leilões vão ocorrer ao longo dos próximos três anos, incluindo o prédio central na Marginal Tietê, na capital paulista, e imóveis em Campos do Jordão (SP).

Analistas de mídia enxergam que o BTG quer estabelecer na Exame projeto semelhante ao do site Infomoney, ligado à XP Investimentos. A redação da Exame deve ser transferida para a região da avenida Faria Lima.


Leia também: 
Recuperação judicial protege Abril e faz jornalista pagar R$ 310 mil a personagem de reportagem