Cofundador da Wikipedia lança rede social sem anúncios e fake news

Redação Portal IMPRENSA | 25/11/2019 17:09
Jimmy Wales, cofundador da Wikipedia, anunciou ter criado uma rede social focada em notícias, na qual os seus membros vão poder editar manchetes “enganosas” para combater a fake news. 

Batizada de WT: Social, a plataforma é apresentada como uma opção “anti-Facebook” e já conta com 200 mil assinantes, segundo postagem de Wales no Twitter. 

Crédito:Reprodução
O WT: Social permite que os usuários compartilhem links para artigos e os discutam em um feed de notícias no estilo do Facebook. Os tópicos variam de política e tecnologia a heavy metal e apicultura.

Os links mais recentes serão colocados em primeiro lugar na timeline, e não numa ordem definida por algorítimos, como as postagens com mais curtidas ou comentários. 

Em entrevista ao Financial Times, Wales criticou o modelo de negócio baseado em anúncio e disse que a plataforma dependerá de doações dos usuários. 

"O modelo de negócios das empresas de mídia social, de pura publicidade, é problemático. Acontece que o grande vencedor é o conteúdo de baixa qualidade”, disse.

A plataforma está operando com uma lista de espera para novos usuários, que os doadores podem pagar para pular.

"Não será muito lucrativo, mas será sustentável", disse ele. A empresa possui apenas alguns funcionários, incluindo desenvolvedores e um gerente da comunidade.

Leia também:
Jornalista analisa 9 mil páginas do Facebook ligadas ao conservadorismo
Facebook concorda em pagar multa por escândalo da Cambridge Analytica