YouTube libera vídeos removidos do site da Ponte Jornalismo

Redação Portal IMPRENSA | 07/11/2019 18:07
Os dois vídeos retirados do site da Ponte Jornalismo pelo YouTube, em 28 de outubro, voltaram para a plataforma no dia 6 de novembro.
Crédito:Reprodução Ponte Jornalismo


As gravações foram removidas a pedidos do curso preparatório para concursos AlfaCon, que denunciou violação de direitos autorais, após a Ponte Jornalismo publicar reportagens revelando que professores do curso falam sobre técnicas de tortura e execução a alunos que pretendem ingressar nas Polícias Militares. 

Segundo a Ponte, no entanto, esse retorno pode ser apenas temporário, enquanto a queixa sobre violação de direitos autorais é investigada.

A Ponte questionou o Google sobre a reinserção dos vídeos e recebeu como resposta que a empresa “não comenta casos específicos”.


Leia também: