Jornalista brasileiro é ferido por bala de borracha em protesto no Chile

Redação Portal IMPRENSA | 29/10/2019 19:28
O jornalista Victor Manuel Caricari Saavedra, que está cobrindo as manifestações no Chile pelo portal de notícias Carta Maior, foi ferido na perna por uma bala de borracha. 
Crédito:Reprodução
O disparo ocorreu por volta das 19h de segunda-feira (28/10), quando Victor cobria os protestos no centro da capital chilena, em um momento de repressão policial aos manifestantes. 

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) denunciou a violência e recorreu à Embaixada do Chile no Brasil, solicitando que o trabalho dos jornalistas seja respeitado, assim como o direito à livre manifestação.

Segundo a Fenaj, Victor já havia se identificado aos policiais, apresentando seu documento de identidade, a Carteira de Jornalista e o documento de salvo-conduto que recebeu para poder trabalhar durante o estado de emergência.

Como outros jornalistas, procurava manter-se entre os policiais e os manifestantes, mas respeitando a zona de segurança delimitada pelos policiais.

“A FENAJ está solidária a Victor e também aos jornalistas chilenos e estrangeiros que estão igualmente sob ameaça, em razão da violenta repressão do Estado chileno às manifestações populares”, disse a Federação em nota.

Leia também:
Brasil é o 9º país do mundo em impunidade contra jornalistas
Mulheres e defensores dos direitos humanos são alvos de deepfakes, afirma Sam Gregory