Após sabático, jornalista volta com podcast sobre propósito de vida na Jovem Pan

Redação Portal IMPRENSA | 29/10/2019 17:09
Após 24 anos trabalhando na rádio Jovem Pan, o jornalista Patrick Santos decidiu que era hora de repensar a carreira e suas prioridades. Resolveu tirar um período sabático. Leu muito, fez curso de coaching e decidiu contar em um livro essa experiência. Em maio lançou o “45 do Primeiro Tempo”, pela editora Literare Books.

No começo de outubro, Patrick começou um novo desafio: comandar o podcast homônimo ao livro, na própria Jovem Pan. Semanal, o programa será um bate-papo com pessoas que, assim como ele, se reinventaram ao longo de suas caminhadas profissionais. Em entrevista ao Portal IMPRENSA, Patrick fala sobre essa transição e o novo projeto. 

Portal IMPRENSA - Qual é a duração e a periodicidade do programa?
Patrick Santos - A primeira temporada do podcast 45 Do primeiro tempo terá duração entre 30 e 40 minutos por episódio. Ele será semanal. Toda sexta-feira, com um bate bate-papo com um entrevistado diferente.
Crédito:Divulgação
Portal IMPRENSA - Quais serão as pautas abordadas?
As pautas vão girar em torno de propósito de vida, transição de carreira e desenvolvimento pessoal. No decorrer da primeira temporada, vou trazer histórias de pessoas que deram uma guinada na vida pessoal, substituindo um pouco a implacável jornada de trabalho insana pela procura por mais felicidade e plenitude.

Portal IMPRENSA - Qual perfil de público que pretende atingir?
Pessoas que estão em busca de mais propósito, que já estão querendo se reinventar. Vou fazer um link com o meu livro, o “45 Do primeiro tempo”, onde conto a minha experiência de “pausar” a carreira. As pessoas estão em busca de histórias em que possam se inspirar. Em nenhum outro período da história, a expressão “propósito para a vida” foi tão presente quanto nos últimos 40 anos. Só na internet, a busca pela palavra “propósito” cresceu de 25 para 100, que é o nível máximo na escala do Google Trends. As pessoas podem até estar trabalhando mais, é verdade, mas com menos paixão e energia. Vou falar muito sobre isso, sempre trazendo personagens inspiradores.

Portal IMPRENSA - Fale um pouco sobre a pausa na carreira, após 24 anos de Jovem Pan?
Eu precisava respirar. Senti que era a hora de parar e refletir sobre o sentido do que eu estava fazendo. Um intervalo pode abrir espaço para o novo, pode fazer com que vejamos as coisas por outra perspectiva e, principalmente, propiciar um mergulho profundo em nós mesmo para saber, de fato, quais as nossas reais necessidade e o que queremos fazer da nossa vida. Eu precisava também entender melhor esse novo mundo que se descortina numa velocidade espantosa. As formas de se relacionar com o trabalho mudaram completamente. Por um bom tempo, fiquei fechado num modelo que era contraproducente. Hoje vejo que ficar 12, 14 anos dentro de uma redação pode não ter o efeito que se imagina. Ter produtividade requer outras questões, outro olhar sobre a dinâmica de trabalho.

Portal IMPRENSA - O que aprendeu nesse período?
Tem três coisas que costumo dizer que aprendi nesse meu intervalo
1 - O nosso tempo é primoroso e não dá para desperdiçá-lo em coisas que não nos fazem mais sentido.
2 - Existe vida fora do ambiente de um trabalho, que muitas vezes acreditamos ser o único porto seguro de nossas vidas.
3 - O medo muitas vezes nos impede de dar um passo em direção ao que realmente almejamos.

Portal IMPRENSA - Pensou em investir em um plano B, em outra área?
Quando eu ainda estava meio “perdidão” (risos) sem saber o que fazer, só tendo a certeza de que precisava buscar novos ares, pensei, sim, em algumas possibilidades. Até me formei sommelier de cerveja pensando em trabalhar em outra área.  Mas depois vi que o que eu precisava mesmo era “descomprimir”, abrir espaço para coisas novas. O tempo foi me mostrando que foi a melhor escolha. Hoje além do projeto do podcast, um segundo livro já está sendo pensado, além de palestras e consultoria.

Leia também:
Monalisa Perrone vai apresentar telejornal em horário nobre na CNN Brasil
Jornalistas podem usar estratégias de SEO para aumentar audiência de portais