Para 67% dos jornalistas, liberdade na condução de seus trabalhos foi reduzida

Redação Portal IMPRENSA | 11/10/2019 09:08
O Brasil é o país onde os jornalistas mais sentiram que a liberdade de imprensa está diminuindo. É o que aponta a 10ª edição do Relatório de Situação da Mídia 2019, feito pela empresa norte-americana Cision com 2 mil jornalistas de 10 países.
Crédito:EBC
De acordo com o levantamento, 67% dos profissionais brasileiros entrevistados sentiram que tiveram a liberdade na condução de seus trabalhos reduzida. 

Esse índice é bem acima da média global, de 49%. Apesar disso, 65% disseram que tiveram que mudar de tom nas reportagens. 

Outros 35% estão preocupados com sua segurança e de seus colegas.

Nos Estados, 57% dos jornalistas sentiram que liberdade na condução de seus trabalhos diminuiu, enquanto 40% acreditam que a liberdade de imprensa se deteriorará ainda mais nos próximos 3 anos. Acesse o relatório neste link.


Leia também: 
Ideia de que imprensa é inimiga do povo deve ser combatida, diz repórter da CNN
CPJ divulga a lista com os 10 países mais censurados do mundo