Reportagem sobre erros de Maju Coutinho no Jornal Hoje é acusada de racismo

Redação Portal IMPRENSA | 10/10/2019 15:09
A reportagem "Nervosismo de Maju Coutinho no Jornal Hoje acende alerta na Globo", assinada por Daniel Castro e publicada em sua coluna Notícias da TV, no UOL, nesta quarta, 9 de outubro, foi alvo de uma série de acusações de racismo e preconceito.  

Crédito:Reprodução
O texto enumera os erros cometidos pela jornalista Maju Coutinho desde sua recente estreia como apresentadora do Jornal Hoje, na TV Globo, afirma que a jornalista “não está aguentando a pressão” e informa que seu nervosismo no comando do Jornal Hoje foi assunto de recente reunião dos principais diretores de jornalismo da Globo.  

Após a publicação, Ali Kamel, diretor-geral de jornalismo da Globo, assinou nota enviada à coluna Notícias da TV negando que houve reunião para discutir os erros de Maju Coutinho na apresentação do Jornal Hoje.

“Maju Coutinho tem brilhado na apresentação do Jornal Hoje, superando todas as melhores expectativas”. Ainda de acordo com a nota, Maju Coutinho não é apenas uma profissional "querida, simpática, humilde e alegre" (adjetivos usados por Castro para descrevê-la).

“Ela é antes uma jornalista brilhante, talentosa, absolutamente preparada, que chegou ao Jornal Hoje exclusivamente por seus méritos profissionais. Defini-la como Daniel Castro a definiu revela apenas os preconceitos do próprio jornalista”, conclui a nota de Kamel.

Daniel Castro retrucou afirmando que o Notícias da TV mantém todas as informações publicadas e "lamenta que o diretor de Jornalismo da Globo, autor de um livro que prega que não existe racismo no Brasil, tente confundir jornalismo com preconceito".

No Twitter, diferentes jornalistas e colunistas saíram em defesa de Maju Coutinho. Marcelo David Macedo, colunista do Voz das Comunidades e do The Intercept Brasil, comparou o caso com o da apresentadora Renata Lo Prete, do Jornal da Globo.

“Quando a ótima Renata Lo Prete estreou no Jornal da Globo cometia tantos erros que era impossível contar, e não me lembro de ter visto à época uma matéria tão safada como essa. O cara CONTOU os erros da Maju e botou no texto”, postou Macedo.

Colunista do jornal O Globo, do Jornal da CBN e da CBN Rio, além de comentarista do Estúdio i e do Edição das 18h (GloboNews), a jornalista Flavia Oliveira postou no Twitter a frase "Força Maju!" seguida pela hashtag #sigamos.

Advogado, professor de direito e colunista da Folha de São Paulo, Thiago Amparo questionou: “Quantos jornalistas brancos tiveram seus erros gramaticais contabilizados em matéria do UOL? Sabe qual o nome desta obsessão em encontrar erros que nos coloquem num lugar subalterno? Racismo, puro e simples."

Leia também:
Jornalista compara Serena Williams a macaco e leva multa
Jornalista Laurentino Gomes lança livro sobre a escravidão no Brasil