Iniciativa premia Jornalismo de Dados

Redação Portal IMPRENSA | 06/09/2019 10:23
A primeira edição do Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados está com inscrição aberta até o dia 08 de setembro. A iniciativa visa incentivar a excelência no uso de dados por jornalistas. Serão aceitos trabalhos em diferentes formatos publicados em qualquer meio (digital, impresso, TV, rádio) entre 1.jul.2018 e 8.set.2019.

O prêmio terá quatro categorias: 
1. A investigação guiada por dados: descobertas inéditas e novos conhecimentos. Trabalhos de alto impacto social que apliquem análise de dados para jogar luz a tópicos de interesse público. 
2. Visualização: premiação para trabalhos de visualização de dados com viés jornalístico e alta qualidade de UX. 
3. Inovação em jornalismo de dados: trabalhos de jornalismo de dados que experimentem com novas tecnologias ou formatos inovadores.
4. Jornalismo e dados abertos: trabalhos realizados graças à Lei de Acesso à Informação ou abertura das bases de dados públicas que prezam pela publicação do código-fonte e da metodologia adotada.

Crédito:Divulgação


Para cada uma das categorias serão selecionados três finalistas, de acordo com critérios de originalidade, relevância, replicabilidade e precisão do trabalho. Os vencedores receberão um prêmio de R$2,5 mil e participações gratuitas na Coda.Br e no 15º Congresso da Abraji, que acontecerá em 2020.

As inscrições podem ser feitas no site do prêmio

Organização
Criada pela Escola de Dados em parceria com a Open Knowledge Brasil, a Abraji e organização francesa HEI-DA, a premiação homenageia o jornalista Cláudio Weber Abramo, um dos pioneiros no jornalismo de dados e transparência pública no Brasil. 

Mídia.JOR 
A relação do jornalismo com a tecnologia será discutido na edição do Mídia.JOR 2019. O evento abordará a relação do jornalismo com a Inteligência Artificial e as experiências tecnológicas na área, no Brasil e no mundo. As inscrições estão abertas no site

Leia também:
Organização de mídia Gênero e Número explica o fenômeno da ideologia de gênero a partir da análise de dados
Primeira trilogia de cultura digital é lançada no Brasil