Diretor de site é assassinado no México, o 11º jornalista desde a posse de Manuel Obrador

Redação Portal IMPRENSA | 26/08/2019 08:00
O jornalista Nevith Condes Jaramillo, diretor do site de notícias El Observatorio del Sur, foi encontrado morto , no sábado, na Cerro de Cacalotepec, no município de Tejupilco. Seu corpo tinha pelo menos quatro feridas feitas com objeto perfurante. 
Crédito:Reprodução


Jaramillo, de 42 anos, é o quarto jornalista mexicano morto em menos de um mês e o 11º  desde a posse de Manuel Obrador, segundo o grupo que advoga a favor da liberdade de expressão, Artigo 19.

No dia 4 de agosto, Jorge Ruiz, repórter do El gráfico de Xalapa, foi assassinado no estado de Veracruz, após receber ameaças. No mesmo dia, Édgar Nava, editor da Verdade de Zihuatanejo , foi baleado no de Guerrero. Em 30 de julho, o diretor do portal Guerrero, Rogelio Barragán , também foi encontrado morto no porta-malas de um carro . 

Segundo a mídia local, Jaramillo recebeu ameaças nas últimas semanas, mas não recebeu proteção policial. Seu trabalho se concentrava em uma área conhecida como Tierra Caliente, que comunidades nos estados de Guerrero, Michoacán e México.

“Condenamos o assassinato ... e exigimos uma investigação diligente e efetiva para encontrar os responsáveis e levá-los à justiça”, disse a Comissão Nacional de Direitos Humanos. 

No Twitter, a Associação dos Jornalistas Deslocados do México condenou o assassinato do jornalista e exige justiça das autoridades. 
Crédito:Reprodução