Mudança no WhatsApp tenta evitar distribuição de fake news

Redação Portal IMPRENSA | 06/08/2019 14:43

Após cinco meses de teste, o WhatsApp começou a liberar gradualmente um recurso com o objetivo de evitar o compartilhamento de fake news e correntes. As mensagens de áudio, vídeo, foto ou texto que forem compartilhadas com mais de cinco pessoas serão sinalizadas com a etiqueta “Frequently Forwarded” (Encaminhado com Frequência) e aparecerão com uma seta dupla ao lado, indicando conteúdo viral. Hoje, os conteúdos encaminhados são marcados com uma seta única.

Crédito:Reprodução
O WhatsApp também fará um alerta quando os usuários forem encaminhar uma mensagem que já foi repassada muitas vezes, com o aviso: “Essa mensagem será marcada como encaminhada muitas vezes”. 

A restrição do compartilhamento começou a ser feita na Índia a partir de março. País com o maior volume de compartilhamento de mensagens, o teste obteve redução significativa de fake news e foi estendida para todo o mundo. 

“Introduzimos recentemente uma atualização na etiqueta de mensagem encaminhada para ajudar as pessoas a identificar quando receberem mensagens que foram encaminhadas várias vezes anteriormente, como uma corrente”, informou o WhatsApp. 


Leia também:
WhatsApp é usado por 53% para compartilhar notícias no Brasil
Brasil é o quarto país que mais confia no conteúdo de jornais e revistas