Imprensa terá acesso às audiências da Operação Xeque-Mate

Redação Portal IMPRENSA | 04/07/2019 17:16

O juiz Henrique Jorge Jácome de Figueiredo garantiu o acesso da imprensa às audiências da Operação Xeque-Mate, que desarticulou um esquema de corrupção na administração pública da cidade paraibana de Cabedelo, localizada na Grande João Pessoa.

De acordo com reportagem do portal Paraíba Online, os repórteres terão permissão para fazer imagens no início e fim dos trabalhos, além de realizar entrevistas com os promotores e advogados. Durante o decorrer da audiência será permitido o acesso simultâneo de até 10 repórteres, que se comprometerão a não fazer imagens. Também será assegurada a presença de até seis pessoas da comunidade e de até dois familiares por réu.

Crédito:Reprodução Paraíba Online
Até 10 repórteres poderão acompanhar a audiência, mas não poderão fazer imagens


A audiência de instrução e julgamento do processo principal da Operação Xeque-Mate, que aconteceu em 1 de julho, foi remarcada para continuar no dia 9 de julho. Foram ouvidos cinco réus delatores, entre eles, Lucas Santino, ex-presidente da Câmara de Cabedelo, Olívio oliveira, Júnior da Teley, Gleyriston Vasconcelos e Marcos da Forte. Apenas dois réus foram ouvidos. O juiz dispensou todas as testemunhas de defesa.