TV Cultura terá telejornal menos comentado e Daniela Lima no Roda Viva

Redação Portal IMPRENSA | 04/07/2019 15:52
Mudanças estão acontecendo no jornalismo da TV Cultura, emissora pública de São Paulo que recentemente passou a ser presidida por José Roberto Maluf. O "Jornal da Cultura", levado ao ar diariamente com formato opinativo, será substituído por um telejornal nos moldes tradicionais, mais informativo e menos comentado. 

Com isso, Willian Corrêa deixou o comando do jornal. Por conta própria decidiu deixar também a direção do departamento de jornalismo, que exercia há apenas três semanas. O jornalista deu um depoimento sobre a mudança ao colega Flavio Ricco, colunista de TV do UOL.

Crédito:reprodução Facebook
Willian Corrêa deixou a apresentação do Jornal da Cultura


"Como não concordo com a alteração do formato do programa, e tampouco fui consultado sobre a mudança, acredito que os meus serviços possam atrapalhar as novas estratégias da direção da Cultura", declarou Corrêa.

Nos bastidores, especula-se que a estrutura atual do jornalismo da TV Cultura não está apta a produzir um telejornal diário menos comentado, com mais reportagens. Para formar um time à altura do desafio seria necessário contratar repórteres, equipe técnica, pauteiros, produtores e apresentadores.   

Outra importante mudança no jornalismo da TV Cultura foi anunciada no Roda Viva. Daniela Lima, 33, editora do Painel da Folha de São Paulo, é a nova apresentadora do programa. Ela substitui Ricardo Lessa, que assumiu o Roda Viva em abril de 2018. Daniela Lima acumulará as funções na Folha e na TV Cultura. Ela será a quarta mulher entre os 14 apresentadores da história do programa, no ar desde 1986.
Crédito:Reprodução Twitter
Daniela Lima acumulará as funções na Folha e na TV Cultura