Governo lança programa para agilizar processos no setor de radiodifusão

Redação Portal IMPRENSA | 29/05/2019 14:44

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) iniciou a primeira fase do programa Serad Digital. O projeto preve a informatização dos processos dentro da Secretaria de Radiodifusão (Serad).  

Crédito: Divulgação
O ministro Marcos Cesar Pontes, do MCTIC, falou na abertura do evento realizado em Brasília (DF)

O objetivo é agilizar o trâmite das outorgas e requisições de rádio e televisão no país. O programa contempla projetos que incluem a informatização de procedimentos, a revisão de normas técnicas para simplificar os processos de outorga e acelerar o tempo de análise dos processos, além da criação de grupos de trabalho com a participação de atores do setor de radiodifusão a fim de discutir soluções em temas importantes do setor. 


"Este é um setor extremamente importante e nós precisamos iluminar o país com a radiodifusão. O Serad Digital foi desenhado para trazer melhoria ao serviço prestado. Como resultado, queremos o aumento da atividade de emissoras e deixar uma secretaria muito mais eficiente e capaz de atender o país", disse o ministro Marcos Cesar Pontes durante o evento. 


Para a Federação Nacional das Empresas de Rádio e TV (Fenaert), a iniciativa produzirá benefícios significativos no setor. "É animador receber esse novo posicionamento, de que a partir da informatização do sistema, processos cuja análise documental levavam cinco dias terão essa etapa concluída em uma hora", declarou o presidente da entidade, Guliver Leão. 


De acordo com a entidade, atualmente, 41 mil processos estão em tramitação na Secretaria. O objetivo é que esse volume seja zerado até 2020. 


Leia também:
Governo cria linha de crédito para financiar modernização da radiodifusão paulista
Emissoras públicas de rádio e TV se unem para fortalecer representatividade