Facebook mantém no ar vídeo falso sobre política americana

Redação Portal IMPRENSA | 28/05/2019 13:00

O Facebook optou por manter no ar um vídeo comprovadamente falso sobre a deputada Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, membro do partido Democrata. Mesmo ciente da adulteração do conteúdo, a plataforma decidiu não removê-lo e optou por reduzir seu alcance e exibir a seu lado informações de um grupo de verificação de dados.

Crédito: Pixabay

Em entrevista à CNN, a vice-presidente de gerenciamento de políticas globais da empresa, Monika Bickert, justificou a decisão. "Achamos importante que as pessoas estejam informadas e façam sua própria escolha sobre no que acreditar. 


O vídeo em questão foi editado com distorções no som e velocidade. A gravação passa a ideia que a parlamentar está embriagada enquanto faz um discurso na Câmara.  


Em nota ao jornal The Washington Post, o Facebook disse que "não tem uma política que estipula que informação postada no Facebook deve ser verdadeira". Diferentemente da postura adotada pela gigante tecnológica, o Youtube, após tomar conhecimento das adulterações feitas, retirou o vídeo de sua plataforma na semana passada.


As ações das plataformas digitais, entre elas o Facebook, no combate à propagação de informações e vídeos falsos ou adulterados têm sido muito criticadas. Órgãos da União Europeia (UE), por exemplo, já se manifestaram publicamente contra o que consideram inoperância efetiva dessas empresas no sentido de coibir esse comportamento. 


Leia também:
STJ mantém condenação ao Google por não excluir postagens ofensivas de blog
Como e por que as newsletters são importantes para a mídia