Justiça autoriza realização de eleição da ABI

Redação Portal IMPRENSA | 06/05/2019 14:17

O juiz Rossidelio Lopes da Fonte, da 36ª Vara Cível do Rio de Janeiro, liberou a realização da eleição geral da Associação Brasileira de Imprensa (ABI). Uma reunião da Comissão Eleitoral com representantes das três chapas inscritas está marcada para hoje (6) à tarde quando será definida a nova data da eleição. 

Crédito: Reprodução

O atual presidente Domingos Meirelles tenta reeleição pela "ABI para todos". Paulo Jerônimo de Sousa, o Pagê, concorre pela "ABI: Luta pela Democracia". Carlos Augusto Martins Aguiar é o candidato pela "Barbosa Lima Sobrinho". 


Na eleição desse ano será possível votar via internet e os associados inadimplentes também poderão participar da escolha da nova diretoria. Além do presidente e vice, será escolhida a nova diretoria executiva e os novos conselho consultivo e conselho fiscal. Haverá ainda a renovação de um terço do conselho deliberativo. Os eleitos estarão à frente da ABI no triênio 2019/2022.
  
O pleito, inicialmente marcado para o dia 26 de abril, havia sido suspenso pelo mesmo magistrado atendendo medida cautelar, referente à eleição de 2016, solicitada pelos jornalistas e escritores André Moreau Louzeiro e Mário Augusto Jakobskind. A ação alegava o não cumprimento do regulamento da instituição o que teria impossibilitado a participação de uma candidatura na época.


Em sua nova decisão, o juiz Lopes da Fonte informa que "alguns esclarecimentos foram prestados e formaram o convencimento do juízo de que não se justifica mais a suspensão da eleição" (...) "Diante disso, reconsidero a decisão anterior para determinar o prosseguimento eleitoral". 


O magistrado ressalta que só poderão participar do pleito "as chapas regularmente inscritas e aptos a votar apenas os que estariam na data aprazada para a primeira eleição". 


Leia também:
"Precisamos de um jornalismo que seja livre", diz Papa Francisco

Jornal Metro encerra operações no Rio de Janeiro, Brasília e Campinas