Jornalistas debatem o medo e o ódio na indústria da notícia

Redação Portal IMPRENSA | 24/04/2019 08:08

Como o medo, o ódio e a generalização prejudicam o trabalho da imprensa, e por consequência, o acesso à informação de qualidade? Este será o primeiro debate do Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia deste ano, que aponta um cenário vigente de radicalismos e polaridades, no qual a liberdade de imprensa é sempre a primeira vítima.

Crédito:Montagem de fotos / Divulgação


Além do difícil contexto político, econômico e ideológico, a atual deterioração das condições de trabalho da mídia no Brasil torna o trabalho do jornalista ainda mais complexo. IMPRENSA vai reunir jornalistas experientes para este painel, entre eles, Ricardo Noblat, jornalista e editor do Blog do Noblat, Tiago Mali, chefe de redação no Poder360, e o advogado André Marsiglia Santos, representante da revista Crusoé e do site O Antagonista, com a moderação de Pedro Burgos, jornalista e professor do Insper.


Promovido pela Revista e Portal IMPRENSA, com o patrocínio da ABERT, o 11º Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia acontece no dia 2 de maio na sede da OAB-DF, em Brasília. Para confirmar sua presença no fórum ou se credenciar para cobrir os debates é só acessar o site.


Confira abaixo os convidados já confirmados e acompanhe as novidades do fórum pelo Portal IMPRENSA e redes sociais.


• Adauto Candido Soares - Coordenador de Comunicação e Informação da UNESCO no Brasil

• Ana Amélia Lemos - Presidente da Fundação Milton Campos e Secretária de Relações Federativas e Internacionais do RS

• André Marsiglia Santos - Sócio-diretor do escritório Lourival J. Santos Advogados

• Angela Rehem - Sócia-fundadora da Libertas - Estratégias em Relações Governamentais e Institucionais

• Cristiana Lôbo - Comentarista da GloboNews, âncora do programa "Fatos e Versões" e blogueira no G1

• Emmanuel Colombié - Diretor América Latina da Repórteres sem Fronteiras

• Juvenal Araújo - Subsecretário de Direitos Humanos da Sejus/DF

• Manuel Martinez - Correspondente pela agência Xinhua (China) e rádio El Espectador (Uruguai)

• Murillo de Aragão - Presidente do Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional

• Pedro Burgos - Jornalista e professor do Programa Avançado em Comunicação e Jornalismo do Insper

• Ricardo Noblat - Jornalista e colunista do Blog do Noblat

• Tiago Mali - Chefe de Redação no Poder360

• Thiago Tavares - Presidente da SaferNet Brasil e conselheiro do CGI.br


Panorama da liberdade de imprensa no Brasil


Em entrevista ao Portal IMPRENSA, Emmanuel Colombié, diretor América Latina da Repórteres sem Fronteiras, comenta que o Ranking Mundial de Liberdade de Imprensa, divulgado pela RSF no dia 18 de maio, é mais um sinal de alerta para a deterioração das condições de trabalho da mídia no Brasil. Entre os fatores para esta queda do país no ranking, ele destaca a intensificação de uma estratégia política que busca desacreditar a mídia utilizando táticas de desinformação e incitando discursos de ódio e violências contra a imprensa.


O relatório anual da ABERT, divulgado em fevereiro deste ano, aborda as violações à liberdade de expressão e indica que houve aumento de ocorrências em relação a 2017. No caso das agressões (39), o crescimento foi de 11,42%. As ameaças (19) cresceram 90%. As tentativas de intimidação (15) subiram 275%. O maior aumento foi registrado nos casos de ofensas, 300%. Além do aumento de 200% no número de assassinatos.


Serviço

11º Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia

Tema: Liberdade de imprensa em tempos de radicalismo

Quando: 2 de maio de 2019 (quinta-feira)

Horário: das 14h00 às 18h30

Local: Auditório da OAB-DF

SEPN 516 BLOCO B LOTE 07 – Asa Norte – Brasília-DF

Inscrições gratuitas pelo site www.portalimprensa.com.br/forumliberdadedeimprensa


Promovido pela Revista e Portal IMPRENSA, esta edição do fórum conta com o patrocínio da ABERT, apoio da OAB-DF, e apoio logístico do Insper. Além do apoio institucional da ABI, Abracom, Abraji, ANER, ANJ, Associação dos Correspondentes Estrangeiros, Instituto Palavra Aberta, OBCOM/USP, e Repórteres sem Fronteiras, e apoio de mídia da Agência Radioweb e do JOTA.


Leia também

"Não vemos razões para sermos otimista em relação à situação da liberdade de imprensa no país", diz diretor da RSF

Com judicialização do jornalismo intensificada, fórum debate o equilíbrio entre liberdade de imprensa, segurança e responsabilidade

Ana Amélia Lemos e Murillo de Aragão estão confirmados para o Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia, no dia 2 de maio

Relatório da Abert registra aumento nas violações à liberdade de expressão no Brasil