Com judicialização do jornalismo intensificada, fórum debate o equilíbrio entre liberdade de imprensa, segurança e responsabilidade

Redação Portal IMPRENSA | 18/04/2019 07:54

Crédito:Renato Alves / IMPRENSA Editorial
Conferência do Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia



O tema da edição 2019 do fórum promovido pela Revista e Portal IMPRENSA aponta um panorama vigente de radicalismos, e coloca a liberdade de imprensa como um desafio fundamental neste cenário de polaridades.

 

Considerando este contexto, o 11º Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia propõe a discussão sobre como manter o equilíbrio entre liberdade, segurança e responsabilidade no exercício da prática jornalística, sem o risco de censura, coibições ou imposições por parte dos poderes estabelecidos.


Para este debate, IMPRENSA vai reunir Emmanuel Colombié, diretor América Latina da Repórteres sem Fronteiras, Juvenal Araújo, subsecretário de Direitos Humanos da Sejus/DF, Manuel Martinez, correspondente pela agência Xinhua (China) e rádio El Espectador (Uruguai), e Thiago Tavares, presidente da SaferNet Brasil e conselheiro do CGI.br.


Promovido pela Revista e Portal IMPRENSA, com o patrocínio da ABERT, o 11º Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia acontece no dia 2 de maio na sede da OAB-DF, em Brasília. Para confirmar sua presença no fórum ou se credenciar para cobrir os debates é só acessar o site.


Confira abaixo os demais convidados já confirmados e acompanhe as novidades do fórum pelo Portal IMPRENSA e redes sociais.


• Adauto Candido Soares - Coordenador de Comunicação e Informação da UNESCO no Brasil

• Ana Amélia Lemos - Presidente da Fundação Milton Campos e Secretária de Relações Federativas e Internacionais do RS

• André Marsiglia Santos - Sócio-diretor do escritório Lourival J. Santos Advogados

• Angela Rehem - Sócia-fundadora da Libertas - Estratégias em Relações Governamentais e Institucionais

• Dora Kramer - Jornalista, colunista da Veja e da BandNews FM

• Murillo de Aragão - Presidente do Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional

• Ricardo Noblat - Jornalista e colunista do Blog do Noblat


Panorama da liberdade de imprensa


O relatório anual da ABERT, divulgado em fevereiro deste ano, registra aumento nas violações à liberdade de expressão no Brasil. Dos dados levantados, destacam-se o aumento de 200% no número de assassinatos em relação a 2017 e a intensificação do processo de judicialização do jornalismo, com 30% mais decisões relativas a conteúdos jornalísticos.


A ABERT faz ainda uma compilação de levantamentos recentes divulgados por diversas entidades internacionais e que colocam o Brasil como um dos países mais perigosos para o exercício do jornalismo. No ranking mundial de impunidade de crimes contra jornalistas elaborado pelo Comitê para Proteção dos Jornalistas (CPJ), por exemplo, o Brasil aparece na décima colocação.


Serviço

11º Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia

Tema: Liberdade de imprensa em tempos de radicalismo

Quando: 2 de maio de 2019 (quinta-feira)

Horário: das 14h00 às 18h30

Local: Auditório da OAB-DF

SEPN 516 BLOCO B LOTE 07 – Asa Norte – Brasília-DF

Inscrições gratuitas pelo site www.portalimprensa.com.br/forumliberdadedeimprensa


Promovido pela Revista e Portal IMPRENSA, esta edição do fórum conta com o patrocínio da ABERT, e o apoio da OAB-DF. Além do apoio institucional da ABI, Abracom, Abraji, ANER, ANJ, Associação dos Correspondentes Estrangeiros, Instituto Palavra Aberta, OBCOM/USP, e Repórteres sem Fronteiras, e apoio de mídia da Agência Radioweb e do JOTA.


Leia também

Imprensa brasileira critica censura do STF a reportagem da Crusoé

Ana Amélia Lemos e Murillo de Aragão estão confirmados para o Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia, no dia 2 de maio

"A era dos radicalismos pode ser entendida como um reflexo da era da pós-verdade", diz Beatriz Buarque

Relatório da Abert registra aumento nas violações à liberdade de expressão no Brasil