Justiça condena Jorge Kajuru a indenizar Boris Casoy

Redação Portal IMPRENSA | 03/04/2019 12:06

A turma da 8ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo condenou o senador e jornalista Jorge Reis dos Santos, conhecido como Jorge Kajuru, a indenizar o jornalista Boris Casoy em R$ 50 mil. A decisão foi unânime e relativa a uma postagem ofensiva feita em 2014 pelo atual parlamentar em sua página no Twitter. 

Crédito: Agência Senado

Os autos registram postagem de Kajuru, que se notabilizou como comentarista esportivo, questionando: "E o sr. Boris poderia responder quanto faturou de FHC e sua tropa para fazer ataques pessoais ao Lula". 


Em seu voto, o relator Salles Rossi destaca: "Dano moral caracterizado - Notória repercussão do comentário (até mesmo porque feito pelo réu, na época também apresentador televisivo e que certamente gerou grande repercussão) - Publicação em perfil aberto e, portanto, acessível a indeterminado número de pessoas (réu que possui milhares de seguidores em sua conta de rede social)". 


A ação por danos morais havia sido julgada improcedente em primeiro grau. Em sua argumentação, porém, o relator diz: "com relação aos alegados danos morais, conclui-se pela sua ocorrência, porquanto restou nítida intenção de macular a honra do autor, bem como a publicidade e repercussão dessas ofensas mediante a utilização das frases ora transcritas em rede social que pode ser livremente acessada. Evidenciada, assim, a ocorrência de dano moral passível de indenização".


Leia também:

ABI vai refazer parceria com Conselho Federal da OAB
Entidades cobram mais rigor da Justiça no trato com a desinformação