SIP vai discutir violações às liberdades e direitos civis

Redação Portal IMPRENSA | 25/03/2019 11:46

Começa nesta sexta-feira (29), a primeira reunião semestral da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP na sigla em espanhol), em Cartagena, na Colômbia. O tema principal do encontro serão as violações às liberdades e direitos civis. A pauta discutirá principalmente as situações na Venezuela (Nicolás Maduro), Nicarágua (Daniel Ortega) e Miguel Díaz-Canel (Cuba). 

Crédito: Reprodução/SIP
A Colômbia será sede da reunião pela segunda vez

O encontro terá três dias de duração - termina no domingo (31) - e reunirá o secretário geral da Organização dos Estados Americano (OEA), Luis Almagro, o diretor da divisão das Américas da Human Rights Watch, José Miguel Vivanco, e representantes da imprensa. Entre os convidados estão os jornalistas Carlos Fernando Chamorro, editor do site nicaraguense Confidencial, atualmente exilado na Costa Rica, e Yoani Sánchez, de Cuba. 


Serão apresentados relatórios sobre a situação da liberdade de imprensa e expressão por país, abordando desde os desafios para o exercício do jornalismo quanto a crise econômica que afeta a indústria jornalística tradicional e digital. A violência contra jornalistas também será tema de debate. De acordo com a SIP, desde dezembro cinco jornalistas foram assassinados no México e um em Honduras. 


O encontro também terá painéis temáticos voltados para questões de mercado como assinatura digital, desinformação e notícias falsas, projetos bem sucedidos em plataformas digitais e novas ferramentas do Facebook e Google focadas no jornalismo. 


Leia também:

CNN Brasil apresenta sua logomarca oficial
"A imprensa responsável e séria tem de ser respeitada", diz Carlos Eduardo Lins