Sérgio Dávila assume direção de redação da Folha

Redação Portal IMPRENSA | 18/03/2019 18:55

O jornalista Sérgio Dávila é o novo diretor de redação do jornal Folha de S. Paulo. A nomeação foi decidida por voto da maioria dos acionistas da empresa e anunciada nesta segunda-feira (18). O jornal também promoveu mudanças em seu conselho editorial. 

Crédito: Divulgação/Conferência Ibero-americana

Dávila é funcionário da Folha há 25 anos e desde 2010 exercia o cargo de editor-executivo. Ele substitui Maria Cristina Frias, que sucedeu Otavio Frias Filho, falecido em agosto do ano passado. Maria Cristina exerceu o cargo durante seis meses, acionista da empresa, ela também é colunista da publicação. 


Segundo a Folha, ao longo de sua carreira, Dávila sempre foi próximo de Otavio Frias, que o escolheu para o antigo posto. Durante 14 anos, os dois conviveram diariamente zelando pela execução do projeto editorial do jornal.


Além da mudança na diretoria de redação, a publicação alterou a composição do seu conselho editorial. Ana Estela de Sousa Pinto, Cláudia Collucci, Cleusa Turra, Hélio Schwartsman, Heloísa Helvécia, Mônica Bergamo, Patrícia Campos Mello, Sérgio Dávila, Suzana Singer e Vinicius Mota juntam-se a Rogério Cezar de Cerqueira Leite, Marcelo Coelho, Clóvis Rossi, Antonio Manuel Teixeira Mendes e Luiz Frias. Deixam o colegiado Celso Pinto e Janio de Freitas. 


O conselho editorial reúne jornalistas e não-jornalistas e seus membros são convidados pelos acionistas da empresa. A função do colegiado é "avaliar o desempenho da Folha, discutir sua linha editorial e examinar projetos que lhe sejam apresentados", define o Manual da Folha.


Na última quinta-feira (14), o Senado Federal realizou um sessão especial em homenagem aos 98 anos de fundação da Folha e a seu ex-diretor Otavio Frias. 


Leia também:

Organizações internacionais de imprensa se unem para defender jornalistas atacados por perseguir a verdade
Jornal do Brasil extingue versão impressa e volta a ser apenas digital